- Publicidade -

Sertã | Câmara vai transformar edifício dos antigos CTT de Cernache em incubadora de empresas

Depois de adquirir o antigo edifício dos CTT em Cernache do Bonjardim em meados de 2020, a Câmara da Sertã contratou recentemente um gabinete de arquitetura para a elaboração do projeto de reabilitação do imóvel. O objetivo é instalar ali uma incubadora de empresas ligada ao Centro de Inovação e Competências da Floresta da Sertã (SerQ).

- Publicidade -

Num processo de Consulta Prévia, a autarquia decidiu adjudicar a elaboração do projeto ao gabinete Inoxidar, Design e Arquitetura, Lda, de Lisboa, por 21.030 euros + IVA, conforme publicação no portal Base.

O edifício estava devoluto desde março de 2018, altura em que os serviços de correios passaram a funcionar na sede da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais.

- Publicidade -

Depois de um processo negocial que se arrastou, o Município da Sertã assinou com a Portugal Telecom, proprietária do imóvel, em agosto de 2020 a escritura de compra e venda, um investimento de 130 mil euros.

O objetivo da Câmara é instalar no antigo edifício dos CTT em Cernache do Bonjardim uma incubadora de empresas ligada ao Centro de Inovação e Competências da Floresta da Sertã (SerQ).

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).