Sertã | Câmara decretou um dia de luto pela morte do empresário António Nunes

António Nunes tinha 74 anos. Foto: DR

A Câmara Municipal da Sertã determinou que o dia 4 de outubro fosse dia de luto municipal, com a colocação da Bandeira do Município a meia haste, na sequência da morte, no dia anterior, do empresário António Fernandes Nunes, diretor executivo da SOPREI – Cooperativa Abastecedora de Mercearias dos Concelhos de Sertã, Proença-a-Nova, Vila de Rei e Oleiros, cargo que exercia desde a sua fundação, em 1973.

PUB

O empresário de 74 anos fundou a empresa Gaserta – Serviços e Informática, Lda e era Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Santa Casa da Misericórdia da Sertã, desde 2011, bem como Vogal do Conselho Fiscal do SerQ- Centro de Inovação e Competências da Floresta — Associação.

No despacho assinado pelo Presidente da Câmara e ratificado na reunião do dia 10, refere-se que António Nunes “durante a sua vida de homem íntegro serviu a nossa comunidade por diversas ocasiões e em diversas entidades associativas”.

PUB

José Farinha Nunes faz questão de expressar “neste momento de dor e de perda”, em seu nome e em nome da Câmara Municipal a que preside, dos seus vereadores e dos funcionários, “o profundo pesar junto dos familiares enlutados”.

Também a Mesa Administrativa tornou público que, “face a tão triste e inesperado acontecimento e à excelência do trabalho desempenhado nesta Santa Casa da Misericórdia ao longo dos últimos oito anos, (a Mesa Administrativa) não pode deixar de manifestar o seu profundo reconhecimento pela disponibilidade sempre manifestada e expressar as mais sentidas e profundas condolências à família neste momento de dor e sofrimento. Ficará para sempre marcada a sua passagem por esta instituição”.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here