Sertã | Câmara apoia coletividades através de acordos de cooperação

Foto: FUS

A Câmara Municipal da Sertã aprovou vários acordos de cooperação de desenvolvimento cultural com diferentes coletividades do concelho que na prática se traduzem na atribuição de subsídios.

À Filarmónica União Sertaginense foi atribuído o montante de 20 mil euros distribuídos pela banda (17 mil), Brass Fusion (1.500) e Big Band (1.500). A Sociedade Filarmónica Aurora Pedroguense vai receber 17.700 euros.

O Rancho Folclórico e Etnográfico de Cernache do Bonjardim vai receber 8500 euros, sendo 7.500 para o rancho e 1.000 para o Grupo de Música Popular. Para o Rancho Folclórico e Recreativo do Clube Bonjardim foi definido o montante de 7.500 euros. Igualmente montante foi atribuído ao Rancho Folclórico de Pedrógão Pequeno.

PUB

Verbas de 1.000 euros foram atribuídas à Associação Cultural e Desportiva do Amioso, Associação “Os Tambores de Casal da Madalena”, Grupo de Concertinas da Sertã, Grupo de Animação Seca Adegas e Centro Cultura e Desporto do Pessoal da Câmara Municipal da Sertã.

Ao Grupo Coral do Sertanense Futebol Clube a Câmara decidiu atribuir o montante de 3 mil euros. O Agrupamento 170 do Corpo Nacional de Escutas vai receber o montante de 2 mil euros, tanto como a Associação de Pais e Amigos dos Escuteiros da Sertã.

Por fim, com uma verba mais pequena, 600 euros, foi contemplado o Centro Social, Recreativo e Cultural do Vale do Laço.

No texto dos protocolos pode ler-se que “a Câmara Municipal da Sertã reconhece as potencialidades do associativismo, em geral, como núcleos de agregação social e possibilitadoras da vivência da comunidade”.

Considera que “a tradição existente na relação entre a Câmara Municipal da Sertã e as Associações, Centros e Clubes do Concelho traduz-se pela atribuição de apoios financeiros para o desenvolvimento de atividades culturais regulares”. E aponta como objetivo destes protocolos “dotar estas relação de regras, pretendendo-se uma racionalização dos recursos do Município, assente em normas claras de acesso e de afetação, definidas de acordo com os princípios da transparência, da imparcialidade e do rigor”.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here