Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã: Antigo presidente de Palhais pede independência da freguesia

Manuel Marçal da Silva, ex-presidente da Junta de Freguesia de Palhais, no concelho da Sertã, contesta a integração desta freguesia na União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais e pede “a sua independência”.

- Publicidade -

O antigo autarca e atual membro da Assembleia de Freguesia de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, Manuel Marçal da Silva, esteve presente na última reunião de Câmara da Sertã e utilizou o período destinado à intervenção do público para manifestar o seu descontentamento face a esta situação.

Na ocasião, Manuel Marçal da Silva salientou que o “descontentamento desta população foi demonstrado ao dizerem ao anterior Governo que não querem a Freguesia de Palhais na integração da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais” e que “a freguesia de Palhais quer ser independente como estava antes do dia 29 de setembro de 2013”.

- Publicidade -

E referiu que “Palhais passou a freguesia em 1555 e até à data já tem 460 anos”, salientando também que agora “está amarrada a Cernache do Bonjardim por um espaço distante e geograficamente muitíssimo montanhoso onde existe apenas uma ligação de uma estrada perigosa e bastante acidentada”.

Manuel Marçal da Silva aproveitou a ocasião para salientar que “no que respeita ao transporte de pessoas de Palhais para Cernache do Bonjardim efetuado à quarta-feira pelas viaturas da União de Freguesias, este pode ser muito mais rentabilizado para as pessoas sem alteração de custos, (…) se seguisse em direção à Sertã onde poderia deixar as pessoas interessadas em resolverem os seus mais variados assuntos na sede do concelho”.

José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, respondeu a Manuel Marçal da Silva dizendo que “houve oportunidade das freguesias se pronunciarem sobre esse assunto e que, da parte de Palhais, não houve essa indicação na altura”.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome