Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sertã | Antiga escola primária do Outeiro serve de lar a dois refugiados eritreus

Fugiram da Eritreia à procura de um país sem guerras. Idris Morammed e Husien Idris são refugiados e chegaram ao concelho da Sertã a 19 de dezembro de 2016, após uma longa viagem de barco até Portugal. Foram alojados na antiga escola primária do Outeiro da Lagoa que foi adaptada a residência de apoio social, de onde saem pouco, e estão a ter aulas de português duas vezes por semana, na Escola Tecnológica e Profissional da Sertã (ETPS). A alimentação está a cargo da Santa Casa da Misericórdia da Sertã, embora, devido à sua cultura,  sejam muitas vezes obrigados a confecionar a sua comida.

- Publicidade -

O presidente da Câmara da Sertã, José Farinha Nunes, referiu que a integração na comunidade está a correr bem, uma vez que não existem queixas por parte da população. “Gostam de estar em Portugal e o pior para eles é não poder contactar regularmente com a família”, disse o autarca ao mediotejo.net. Atualmente, a única forma que têm de o fazer é utilizando o espaço internet disponível na Biblioteca Municipal da Sertã.

Na reunião de câmara de 1 de fevereiro, o executivo camarário da Sertã aprovou entregar aos dois refugiados eritreus um adiantamento de 900 euros com vista a fazerem face às suas despesas. “Deviam ter recebido do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras mas ainda não receberam, 150 euros cada um, durante três meses, para que tenham um mínimo em termos de produtos de higiene ou dinheiro no telemóvel para ligar à família”, disse.

- Publicidade -

 

 

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome