Sertã | Alunos desafiados a “ler” o Património do seu território

Foto: DR

O projeto “Leitores do Património”, dinamizado pela Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, volta a envolver os alunos do 1º ciclo do concelho da Sertã, depois de ter alcançado no passado ano letivo cerca de 423 crianças. No ano letivo 2018/2019, cumprindo a segunda edição do projeto, o tema em destaque será o património cultural imaterial.

PUB

Prevê-se que sejam “abordados diversos temas como por exemplo as tradições e expressões orais, ou as práticas sociais, rituais e eventos festivos”, sendo que as atividades a desenvolver continuarão a assentar numa lógica de intervenção lúdica e artística que pretende incentivar a criatividade, a literacia e ainda a “alfabetização cultural” das crianças, levando-as à compreensão do universo cultural e histórico em que estão inseridas e reforçando o vínculo às raízes patrimoniais do seu território.

Cada turma, do 1º ao 4º ano do Ensino Básico,  terá uma sessão mensal que se focará num determinado aspeto do património local, à semelhança da primeira edição da iniciativa.

PUB
Uma das iniciativas da primeira edição do projeto. Foto: DR

Estão agendadas diversas sessões, subordinadas aos temas «Riquezas invisíveis» (através de uma mala as crianças vão descobrir a importância de preservar o património imaterial), «Um tesouro escondido na boca» (viagem pela tradição oral do concelho), «Silêncio que se vai cantar o Fado!» (visita ao Museu do Fado, em Lisboa), «Crianças de outros tempos» (as crianças terão contacto com um idoso que falará sobre as suas memórias de infância), «Relíquias da casa da avó» (visita guiada a uma casa antiga) e «Há festa na aldeia!» (festa de encerramento, reproduzindo alguns dos rituais festivos da região).

Está igualmente prevista a realização de um passeio cultural pelo concelho da Sertã, direcionado para toda a comunidade escolar, sobretudo para as crianças e seus familiares, lê-se na informação da organização.

PUB

Recorde-se que o projeto “Leitores do Património” tinha como objetivo responder ao desafio da Comissão Europeia, tornando 2018 o Ano Europeu do Património, mas para a autarquia “não fazia sentido acabar com um projeto que obteve tanta aceitação junto das nossas escolas”.

Quem o diz é José Farinha Nunes, presidente da CM Sertã, que entende ser pertinente a continuidade do projeto, mantendo-se na generalidade e com o intuito de “promover o livro e a leitura, mas também difundir e promover a identidade cultural do concelho”.

 

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here