Sertã | Acidente no IC8 com um óbito e um ferido grave

Em poucos mais de 24 horas registaram-se dois acidentes graves no mesmo local do IC8, perto da Sertã. Se do acidente registado no dia 6, entre um ligeiro e um pesado, resultou um ferido grave, da colisão frontal ocorrida neste sábado, dia 7, por volta das 16h30, resultaram um morto, um ferido grave e outro ligeiro.

Este último acidente envolveu dois veículos ligeiros que chocaram de frente numa altura em que o piso estava molhado devido à chuva.

Os dois feridos, de 30 anos, foram transportados para o Hospital da Universidade de Coimbra. A vítima mortal tinha 33 anos.

PUB

Devido ao aparato da colisão, a estrada esteve cortada ao trânsito durante cerca de quatro horas, obrigando ao desvio para a vila da Sertã.

Segundo o site da Proteção Civil, no local estiveram 20 operacionais apoiados por nove viaturas.

PUB
José Gaio
Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

1 COMENTÁRIO

  1. O IC8 é uma estrada muito perigosa. Convida a andar mais depressa, mas esta estrada é traidora. Depois temos a velocidade a mais para as condições atmosféricas do momento, os telemóveis que deviam ir na bagageira dos carros “vão no banco da frente”. Depois temos a publicidade que diz que os pneus são anti chuva, anti-derrapagem, “anti-merda” e os consumidores acreditam piamente na publicidade, e vão no engodo. A pouca consciência também ajuda à sinistralidade. Cada português, logo à nascença é um “potencial piloto de automóveis”. Os jovens não têm consciência formada de que um carro é uma arma.

    enfim…, somos portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).