Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Seleção portuguesa de futsal vence Moçambique e joga hoje no Entroncamento

A seleção portuguesa de futsal venceu na sexta-feira a sua congénere moçambicana por 6-2, em jogo de preparação para o mundial da modalidade, que decorre de 10 de setembro a 01 de outubro, na Colômbia, e volta a jogar hoje, às 20:00, no Pavilhão Municipal do Entroncamento, desta feita com a Costa Rica, também apurada para o Mundial.

- Publicidade -

No Palácio dos Desportos de Torres Novas, “Portugal criou e desperdiçou inúmeras ocasiões para construir uma goleada histórica”, apesar de a seleção moçambicana ter conseguido concluir com sucesso “as raras investidas em que fez chegar a bola à área” portuguesa, comentou a Federação Portuguesa de Futebol, na sua página na Internet.

Hoje, em mais um jogo de preparação para o mundial da Colômbia, Portugal recebe a Costa Rica, no Pavilhão Municipal do Entroncamento.

- Publicidade -

Portugal está incluído no grupo A do Mundial, juntamente com a Colômbia (com quem jogará a 10 de setembro, em Cali), o Panamá (dia 13, em Cali) e o Uzbequistão (dia 16, em Medellin).

O jogo entre Portugal e a Costa Rica está marcado para as 20h00, no Pavilhão Municipal do Entroncamento, contando com transmissão direta na TVI 24.

Dia de decisões para Jorge Braz

Entretanto, o Selecionador Nacional confrontar-se-á, no final da partida, com a primeira grande “dor de cabeça” do pré-estágio. É que terá de se decidir pela dispensa dos dois primeiros atletas.

A Equipa das Quinas terá uma curta folga, após o Portugal – Costa Rica, e voltará a concentrar-se no domingo, até às 22h00, no Hotel Lagoas Park, em Oeiras. O grupo será, então, composto por 16 jogadores.

FOTO: FPF

C/Lusa e FPF

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome