Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal: Serviços de proximidade para a população com projecto CLDS 3G

Está aí o Projeto CLDS 3G “Sardoal SIM – Solidário, Inclusivo e Moderno” que vai colocar ao dispor da população um conjunto vasto de serviços que podem ser tratados num só local. No âmbito deste projeto, vai ser criada a Universidade Sénior do Sardoal e o Gabinete de Apoio à Família.

- Publicidade -

O trabalho da equipa do CLDS 3G no Sardoal tem vindo a ser desenvolvido desde o passado dia 7 de outubro e vai-se prolongar por 36 meses.

Mas o que é o CLDS 3G? É um Contrato Local de Desenvolvimento Social de 3ª Geração, com um cariz social, financiado por verbas do Fundo Social Europeu, que tem como finalidade ajudar os cidadãos, seja ao nível da formação, qualificação e emprego, seja nas questões familiares e de apoio à educação, seja ainda no apoio às associações e instituições concelhias nas áreas que mais precisarem.

- Publicidade -

No concelho de Sardoal, o CLDS 3G vai ser coordenado e executado pela Associação de Assistência Domiciliária de Alcaravela.

Os primeiros passos estão a ser dados. Como explicou Inês Aparício, coordenadora técnica do CLDS 3G no Sardoal, ao mediotejo.net, “é um projeto de raiz, teve toda uma parte de organização e planificação, tudo teve de ser feito desde o início”. E explica que “é um projeto com várias parcerias, que pretende disponibilizar serviços de proximidade à população, por exemplo, em vez de a pessoa ter de se deslocar ao Centro de Emprego tem aqui um espaço onde está a informação e o apoio necessário”.

Este projeto tem três áreas de intervenção: o Eixo 1 é dedicado ao emprego, qualificação e formação; o Eixo 2 é o da intervenção familiar; e o Eixo 3 é de capacitação das associações e instituições concelhias.

Gabinete de Apoio à Família

Entre os diversos projetos a desenvolver está a criação do Gabinete de Apoio à Família que será inaugurado no próximo dia 9 de dezembro e passará a estar ao serviço da população. “Este é um serviço que não existe ao nível do concelho”, salienta Inês Aparício, acrescentando que “vamos ter horário de atendimento na nossa sede mas o mesmo vai ser descentralizado, temos como objetivo criar parcerias com as juntas de freguesia para periodicamente, uma vez por mês, nos deslocarmos às freguesias”.

Com uma base de trabalho que assenta na proximidade com a população, o CLDS 3G dispõe ainda de “uma rede de proximidade que dá acompanhamento às pessoas isoladas”.

Com uma verba de cerca de 400 mil euros para os 36 meses de intervenção, são várias as atividades previstas no âmbito do CLDS, seja o apoio domiciliário, a criação de hortas comunitárias, a realização de atividades para idosos “dando-lhes uma vida ativa com outra qualidade”, a teleassistência, a realização de atividades “que promovam a troca de experiências e de saberes”, enumerou Miguel Borges, presidente da Câmara Municipal de Sardoal.

Universidade Sénior do Sardoal

No âmbito do CLDS 3G, o presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Miguel Borges, anuncia que no próximo ano letivo o Sardoal já terá a sua Universidade Sénior
No âmbito do CLDS 3G, o presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Miguel Borges, anuncia que no próximo ano letivo o Sardoal já terá a sua Universidade Sénior

Outra das novidades que vai nasceu no âmbito do CLDS 3G é a Universidade Sénior de Sardoal, que era o único município do Médio Tejo sem esta valência. Miguel Borges explica que “ainda não tínhamos a Universidade Sénior porque temos o PAMPI – Plano de Apoio Municipal à Pessoa Idosa que já existe há alguns anos e que interage com os idosos disponibilizando um conjunto de atividades”. “Mas agora, no seio do CLDS, a Universidade Sénior de Sardoal vai ser uma realidade, já começámos a trabalhar nesse sentido e no início do próximo ano letivo (2016/2017) o Sardoal já terá a sua”, anunciou Miguel Borges.

Para já, irá também ser criado o site do CLDS 3G de Sardoal “onde serão divulgadas todas as oportunidades de emprego e de formação e todas as ações e atividades do nosso projeto e aqui vamos contar com a parceria do Centro de Emprego, do Gabinete de Inserção Profissional e do Gabinete de Apoio ao Empresário”, explicou Inês Aparício.

Sobre os benefícios deste projeto para a população do concelho do Sardoal, Inês Aparício destaca que “só o facto de possibilitar a proximidade de serviços é uma grande mais valia, principalmente nos dias que correm”.

O CLDS 3G “Sardoal SIM” nasceu de um convite feito pelo Conselho Local de Ação Social (CLAS) à Associação de Assistência Domiciliária de Alcaravela, tendo sido apresentada uma candidatura, em julho passado, no âmbito do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE).

A equipa técnica do “Sardoal SIM” é composta por Inês Aparício, coordenadora técnica formada em Serviço Social, Soraia Mourato, técnica superior de ciências psicológicas, e Marta Duque, gerontóloga. Integra ainda a equipa Joaquim Serras, economista, e Cristina Gaspar, administrativa.

O “Sardoal SIM – Solidário, Inclusivo e Moderno” está atualmente sedeado na Rua Mestre de Sardoal, nº 5, r/c esquerdo e pode ser contactado através do email clds3gsardoal@gmail.com .

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome