Sardoal | ‘Reinventar o Natal’ em concurso literário da Biblioteca Municipal

No âmbito da quadra natalícia e, como vem sendo hábito nos últimos anos, a Biblioteca Municipal promove o Concurso de Natal 2020. O tema é ‘Reinventar o Natal’, ou seja, “como estão a preparar o Natal, como o perspetivam, que tradições vão manter ou alterar, que sentimentos melhor exprimem o que vivenciam nesta quadra” explica a organização.

O Concurso abrange qualquer género literário (prosa, poesia, teatro, conto, ensaio, crónica, entre outros).

O objetivo do Concurso passa por “promover hábitos de leitura e estimular o gosto pela criação artística e literária, num ano atípico em que somos desafiados a adaptar-nos diariamente às exigências em prol da vida e da saúde de todos” acrescenta ainda a organização.

PUB

A participação no Concurso é gratuita, aberta a todos os interessados, a partir dos seis anos e a entrega dos trabalhos pode ser efetuada até ao dia 23 de dezembro. A atribuição de prémios encontra-se dividida em quatro escalões: infantil: até aos 10 anos (cheque-prenda 25 euros); Juvenil: dos 11 aos 14 anos (cheque-prenda 50 euros); Júnior: dos 15 aos 17 anos (cheque-prenda 75 euros) e Adulto: maiores de 18 anos (200 euros).

As obras vencedoras, divulgadas no dia 6 de janeiro de 2021, serão publicadas no Boletim Municipal na página de Facebook da Biblioteca.

As normas de participação do Concurso de Natal, assim como mais informações sobre a iniciativa, encontram-se disponíveis no Portal da Autarquia (www.cm-sardoal.pt)

 

 

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).