Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Setembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal | PSD defende nova USF na região e contratação direta de médicos

O PSD pediu hoje ao Governo “respostas imediatas” para a falta de médicos em Sardoal e defendeu a contratação direta de profissionais “através de contratos de prestação de serviços e não através de empresas de trabalho temporário”.

- Publicidade -

- Publicidade -

Numa pergunta dirigida ao ministro da Saúde, os deputados do PSD eleitos por Santarém, Duarte Marques, Nuno Serra e Teresa Leal Coelho, defendem ainda a criação de “uma nova Unidade de Saúde Familiar (USF) que sirva a população do Sardoal e parte das freguesias de Abrantes, dois dos concelhos com maior percentagem de habitantes sem médico de família” na região do Médio Tejo, a par de Torres Novas e Ourém.

A falta de médicos de família no concelho de Sardoal motivou na segunda-feira uma exposição ao Presidente da República por parte do autarca local, Miguel Borges (PSD), onde afirma terem-se “esgotado as vias institucionais adequadas à situação”.

- Publicidade -

O deputado Duarte Marques considera que “há uma necessidade muito urgente de resolver o problema do curto prazo no Sardoal, mas também em Ourém e Torres Novas e sem preconceitos recorrer à contratação direta de médicos disponíveis para estes concelhos”.

Segundo o deputado do PSD, que acompanha com mais proximidade os temas da saúde no Médio Tejo,  “é tempo de olhar para o futuro e tomar decisões sobre o que queremos dos cuidados de saúde em concelhos como o do Sardoal. Parece fazer sentido avaliar a possibilidade de implantar uma nova USF que sirva Sardoal e parte dos utentes de Abrantes. Nos tempos que correm não faz sentido pensar em bairrismos ou em novas unidades centralizadas. Parece mais razoável procurar implantar um novo modelo que possa ser mais sustentável quando partilhados por mais do que um concelho. Sardoal e algumas freguesias de Abrantes são precisamente uma oportunidade para isso mesmo”, defendeu.

Na pergunta ao Governo, o PSD quer saber se o Ministério da Saúde “está disponível para avaliar a possibilidade de implementar uma nova USF que sirva os utentes do concelho de Sardoal e das freguesias limítrofes do concelho de Abrantes, que soluções tem o Ministério da Saúde previstas para dar resposta imediata à escassez de médicos nos concelhos do Sardoal, Torres Novas e Ourém, e se está disponível para, “no imediato, permitir a contratação de mais médicos de saúde geral e familiar através de contratação direta por contrato de prestação de serviços e não através de empresas de trabalho temporário” para aqueles concelhos.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome