Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal | Protocolo com COA apoia 6º ORI Jovem/Júnior ORI-BTT em Valhascos

A Câmara Municipal de Sardoal aprovou esta quarta-feira, 3 de julho, por unanimidade, assinar um protocolo de colaboração com o Clube de Orientação e Aventura (COA) no sentido da realização de um estágio da Federação Portuguesa de Orientação ORI/BTT no concelho e a realização da 6º ORI Jovem/Júnior ORI-BTT, que acontecerá em Valhascos, Sardoal, nos dias 20 e 21 de julho.

- Publicidade -

A prova de orientação 6º ORI Jovem/Júnior ORI-BTT tem lugar em Valhascos, Sardoal, nos dias 20 e 21 de julho, numa organização da Federação Portuguesa de Orientação e do Clube de Orientação e Aventura entidade com a qual a Câmara Municipal de Sardoal firmou um protocolo esta quarta-feira, aprovado por unanimidade em reunião de executivo. A iniciativa conta ainda com o apoio da Junta de Freguesia de Valhascos e da Associação Cultural e Desportiva de Valhascos.

Sendo a população alvo Jovens/Juniores dos 10 aos 20 anos de idade, inclusive, os objetivos da prova passam pela autonomia dos jovens, criação de amizades e espírito de grupo, iniciação, integração e formação de jovens na modalidade; aperfeiçoamento e consolidação de estratégias e técnicas, e partilha de conhecimentos entre monitores e jovens das diferentes idades, informa a organização.

- Publicidade -

“Numa modalidade em crescimento o objetivo é também despertar o interesse nos nossos jovens”, explicou o vereador Pedro Rosa (PSD), responsável pelo pelouro do Desporto e Juventude.

“Este protocolo tem um apoio financeiro da Câmara Municipal de mil euros para a logística e para reunir todas as condições necessárias à realização da prova. Como contrapartida o Município fica com os mapas produzidos”, refere.

No protocolo firma-se também “a expetativa da colaboração do COA em futuras edições” não sendo esta a primeira vez que o COA trabalha com a Câmara, lembrou o responsável.

O palco da prova, que desta vez não será federada e terá uma média de 12 quilómetros, será em Valhascos. “Tem condições, tem espaço para dormidas, o que vai acontecer de 20 para 21, e os atletas podem dormir no espaço da Associação” Cultural e Desportiva de Valhascos, mencionou ainda Pedro Rosa.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome