Sardoal | PJ detém dois homens suspeitos de seis crimes de incêndio florestal

Incêndios quase todos os dias em Sardoal levaram autarca a falar em “situações estranhas”. No domingo, a PJ deteve dois homens suspeitos da prática do crime de seis incêndios no concelho. Foto: DR

A Polícia Judiciária de Leiria, no desenvolvimento da investigação relativa à ocorrência de vários incêndios no concelho do Sardoal, identificou e deteve no domingo dois presumíveis autores de seis crimes de incêndio florestal verificados naquele concelho entre o início do mês de julho e dia 5 de setembro.

PUB

Os incêndios ocorreram nas imediações das localidades de Alcaravela, Mogão Cimeiro, Codes, Matagosa e Valongo, no concelho do Sardoal. Os suspeitos, sem justificação plausível, usando um isqueiro, ateavam os fogos em zonas de mato e pinhal, maioritariamente no período da noite, fazendo-se transportar numa moto.

Em comunicado, a PJ refere que os incêndios “só não tomaram maiores proporções devido à pronta intervenção dos Bombeiros, que rapidamente procederam à sua extinção”.

PUB

Os detidos, de 27 e 40 anos de idade, condutor/manobrador e desempregado de profissão, respetivamente, irão ser presentes às autoridades judiciárias competentes para a aplicação das medidas de coação tidas por convenientes.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here