Sardoal | Piscinas Municipais Descobertas não abrem este verão

Piscinas Descobertas de Sardoal. Foto arquivo: mediotejo.net

As obras de requalificação das Piscinas Municipais Descobertas de Sardoal, um investimento na ordem dos 300 mil euros, tinham data prevista de entrega no dia 15 de agosto mas até ao momento a obra não foi entregue pelo empreiteiro e o presidente “não tem conhecimento de pedido de prorrogação” de prazo. No entanto, uma coisa é certa: este verão as piscinas não vão abrir.

PUB

As obras de requalificação das Piscinas Municipais Descobertas foram assunto levado a reunião de Câmara de Sardoal, no dia 21 de agosto, pelo vereador Pedro Duque. O eleito pelo Partido Socialista questionou o executivo municipal se a obra já havia sido entregue, uma vez que o prazo de entrega da obra era o dia 15 de agosto, podendo haver lugar a prorrogação de prazo.

Em resposta Miguel Borges (PSD) garantiu que a Câmara “está a acompanhar e se houver incumprimento da parte do empreiteiro, se prejudicar o Município, a compensação está prevista em caderno de encargos”, indica.

PUB
Reunião de Câmara Municipal de Sardoal. Créditos. mediotejo.net

Em declarações ao mediotejo.net o presidente disse não ter chegado aos serviços da Câmara “qualquer pedido de prorrogação de prazo, que eu tivesse despachado” da parte do empreiteiro mas “tudo isto está previsto no contrato”.

Independentemente do cumprimento ou incumprimento do prazo de entrega da obra nas Piscinas Descobertas de Sardoal, Miguel Borges avançou ao nosso jornal “não ser minha intenção reabrir as piscinas este verão”.

PUB

Depois de o Município de Sardoal ter apresentado uma candidatura ao programa de Beneficiação de Equipamentos Municipais (BEM) para a reabilitação das Piscinas Municipais Descobertas, a empreitada iniciou com um prazo de seis meses para execução (físico e financeiro), não sendo passível de renovação, a intervenção deveria estar concluída a 1 de abril de 2020, mas tal não aconteceu, com derrapagem dos prazos de conclusão devido a atraso na entrega de alguns equipamentos e em novos problemas para resolver em obra.

“Várias foram as razões para esta ‘derrapagem’ temporal. A covid-19 e o fornecimentos de alguns equipamentos têm essa responsabilidade mas não só. Numa piscina como a de Sardoal com bastantes anos em que nada foi feito, muitas vezes quando se começa em obra vai-se encontrando outras necessidades de intervenção”, justificou o presidente Miguel Borges, tendo feito notar uma obrigação de “alteração do projeto e dos trabalhos” e que o prazo de conclusão da empreitada também foi “dilatado no tempo”.

O investimento é de 314.029,13 euros, com 60% de financiamento, “cerca de 200 mil euros e o restante é um esforço financeiro do Município”, explica.

O programa BEM lançado pelo Governo em junho de 2018 destina-se à valorização de infraestruturas e equipamentos dos municípios do interior e conta com uma dotação de 3,5 milhões de euros, no âmbito da Cooperação Técnica e Financeira entre a administração central e as autarquias.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here