Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Outubro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal | Novo ano letivo da Universidade Sénior arranca esta quinta-feira

A Universidade Sénior de Sardoal inicia o seu Ano Letivo 2017/2018 com uma sessão de abertura, a ter lugar esta quinta-feira, a partir das 14 horas, no Centro Cultural Gil Vicente. A sessão conta com uma receção aos alunos e professores, seguindo-se as intervenções e discursos oficias, às 14h30, e a apresentação dos professores, às 15h15. Para terminar a sessão de abertura do novo ano letivo, haverá um momento musical, pela Universidade Sénior, às 15h30, e um Sardoal SIM de Honra no Espaço Cá da Terra.

- Publicidade -

A Universidade Sénior de Sardoal (USS) surge de uma parceria entre a Câmara Municipal e o projeto CLDS 3G | Sardoal SIM – Solidário, Inclusivo e Moderno, que visa promover o envelhecimento ativo da comunidade.

A Universidade Sénior de Sardoal destina-se a todas as pessoas com 55 ou mais anos que residam no concelho de Sardoal, independentemente do seu nível de escolaridade, que possuam robustez física e mental; com vontade de aprender, atualizar e partilhar os seus conhecimentos, que procurem o bem-estar, manter-se ativos e participativos, a satisfação de viver, as trocas de experiências, de motivação e afetos.

- Publicidade -

A Universidade Sénior de Sardoal funciona durante o período letivo, de outubro a junho de cada ano, tendo interrupções letivas nos períodos do Natal, Carnaval e Páscoa. As aulas teóricas têm uma duração de 50 minutos e práticas até 100 minutos, sendo lecionadas no período da manhã ou da tarde de acordo com a disponibilidade de todos os participantes (professores e alunos).

Mais informações sobre a Universidade Sénior de Sardoal podem ser consultadas no site da autarquia, ou junto do Serviço de Ação Social do Município ou equipa de CLDS 3G|Sardoal SIM.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome