Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal | Nova ambulância do INEM entregue aos Bombeiros Municipais

Uma nova ambulância do INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica, foi entregue na segunda-feira, 3 de setembro, aos Bombeiros Municipais de Sardoal e entrará ao serviço da região assim que todo o processo de licenciamento estiver concluído, disse ao mediotejo.net o presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Miguel Borges.

- Publicidade -

- Publicidade -

Na verdade, os Bombeiros Municipais de Sardoal já trabalham com posto de INEM “desde o princípio do ano, com um carro do município” devido a um atraso na entrega do veículo, explica o presidente. “Assumimos o acionamento dos serviços INEM, estamos a cumprir o protocolo que assinámos com o INEM”, garante o presidente.

Acrescenta que, “até determinada altura”, Sardoal atuava na emergência médica como “posto de retaguarda. Ou seja, havendo INEM em Abrantes, não sendo suficiente acionava-se Sardoal”. Agora no concelho constitui-se um Posto de Emergência Médica (PEM). A nova ambulância do INEM encontra-se “em processo de licenciamento que poderá levar cerca de um mês”.

- Publicidade -

Nova ambulância do INEM entregue aos Bombeiros Municipais de Sardoal. Créditos: CM de Sardoal

Estas ambulâncias são destinadas à estabilização e transporte de doentes que necessitem de assistência durante o transporte até às unidades de saúde e a sua tripulação é disponibilizada pelos corpos de bombeiros. Dispõe de equipamentos de Suporte Básico de Vida, como por exemplo, o desfibrilhador automático externo, um importante recurso para a assistência a vítimas de paragem cardiorrespiratória. Estas ambulâncias são acionadas como os restantes meios de socorro, através do número europeu de emergência, o 112.

Para melhorar as condições de operacionalidade do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) e reforçar a sua capacidade de resposta aos pedidos de ajuda recebidos através do Número Europeu de Emergência – 112, o INEM iniciou em julho de 2017 o processo que permitiu completar a Rede Nacional de Ambulâncias, investindo 850 mil euros para subsidiar a aquisição e o equipamento das Ambulâncias, a que se juntam cerca de 500 mil euros anuais para funcionamento dos 17 novos PEM entretanto criados.

O INEM paga uma verba de 50 mil euros para a aquisição, manutenção e seguro da ambulância e paga ainda um prémio de saída aos Corpos de Bombeiros por cada vez que estas Ambulâncias são acionadas para acudir a situações de emergência médica.

O INEM assinou 75 protocolos com corporações de bombeiros de todo o País para a aquisição de 75 ambulâncias, “num investimento de 3,7 milhões de euros”, destinados a subsidiar integralmente a compra, com o objetivo “de melhorar a capacidade de resposta do Sistema Integrado de Emergência Médica”.

O INEM é o organismo do Ministério da Saúde responsável por coordenar o funcionamento, no território de Portugal Continental, de um Sistema Integrado de Emergência Médica, de forma a garantir aos sinistrados ou vítimas de doença súbita a pronta e correta prestação de cuidados de saúde.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome