Sardoal | Município estabelece protocolo com a Federação Portuguesa de Orientação

Centro Histórico na vila de Sardoal

O Município de Sardoal vai assinar um protocolo de cooperação com a Federação Portuguesa de Orientação. A proposta foi aprovada por unanimidade em reunião de Executivo, esta sexta-feira 21 de setembro. Em causa uma prova para o campeonato nacional de distância média e distância longa que vai decorrer em Valhascos. E outra, dia 10 de novembro, para o campeonato ibérico de orientação, inicia na sede de concelho estendendo-se por todo o território.

PUB

O Município de Sardoal “tem trilhado um caminho no sentido de promover os seus recursos endógenos através do Desporto” disse ao mediotejo.net o vereador Pedro Rosa (PSD) responsável pelo pelouro de Desporto e Juventude. O Executivo de Sardoal considera que “as modalidades ligadas ao trail, running, ao BTT e à orientação são um caminho privilegiado” na promoção de tais recursos, para além do objetivo principal: “a promoção do desporto”.

O autarca admite que a modalidade de orientação “não é ainda muito disseminada mas começa a trilhar bons caminhos”. O município através do Clube de Orientação e Aventura tem estabelecido um conjunto de parecerias e levado a cabo vários eventos na área da orientação seja apeada, ou BTT, explicou o vereador.

PUB

Este ano, graças “ao sucesso do campeonato de distância média e longa que aconteceu em Alcaravela, em 2017, decidimos estabelecer uma parceria no sentido de trazer para Sardoal mais uma prova do campeonato nacional e também uma prova do campeonato ibérico de orientação”.

O objetivo deste protocolo prende-se com “o estabelecer de uma relação entre o Município de Sardoal e a Federação Portuguesa de Orientação” no sentido de desenvolver no concelho nos dias 13 e 14 de outubro prova em BTT para o campeonato nacional de distância média e longa e no dia 10 de novembro prova de Ori-Trail/Rogaine (a pé e BTT).

PUB

Pedro Rosa sublinha tratar-se de uma modalidade “que não conhece gerações. Pode ser praticada por jovens de tenra idade com mapas adequados e também num carácter mais competitivo que é o caso”.

A assinatura deste protocolo tem para o Município de Sardoal “um custo financeiro de 3 mil euros, dividido 1500 euros para cada um dos eventos, mas depois tem um custo logístico associado em que a equipa municipal do desporto vai apoiar a Federação. Temos também a cedência de transportes da equipa de comunicação municipal para assegurar todo o teatro que é próprio destes eventos desportivos e a cedência de um espaço para a pernoita dos supervisores na altura que vêm ao Sardoal fazer as monitorizações do andamento dos trabalhos”, explica.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here