Sardoal | Município avança com segundo concurso para empreitada de adaptação do Externato Rainha Stª Isabel

Edifício do antigo Externato de Santa Isabel. Foto: mediotejo.net

Após um primeiro concurso lançado no início do mês para a empreitada de requalificação e adaptação do Externato Rainha Santa Isabel que ficou deserto, a Câmara Municipal de Sardoal avança para um segundo procedimento que prevê instalar nesse edifício a Biblioteca Municipal. O executivo municipal aprovou na última sessão de Câmara o projeto de execução com um novo valor que ronda os 950 mil euros + IVA.

PUB

Já no início do mês o autarca tinha dado conta de que estava a decorrer o primeiro concurso para levar a cabo a empreitada de requalificação e adaptação do edifício do Externato Rainha Santa Isabel para aí se instalar a Biblioteca Municipal.

Na altura, o valor da empreitada a concurso público rondava os 740 mil euros mas “não houve nenhuma empresa para fazer a obra de empreitada”. Foi essa a informação transmitida pelo presidente da Câmara Municipal de Sardoal na última sessão do executivo municipal, explicando que teve de haver uma revisão do projeto e, consequentemente, dos preços.

PUB

“Realmente o que nos leva a querer é que o valor não seria suficiente para a execução da obra. O concurso ficou deserto numa primeira fase, houve concorrentes mas alguns ficaram eliminados porque tinham um valor simbólico só para ter acesso à documentação”, disse o autarca.

Nesse sentido, foi a reunião de Câmara a proposta de deliberação para abertura de um novo concurso público para adjudicação da empreitada. Neste segundo concurso, o valor da obra subiu para 950.520,46€ + IVA.

PUB
Reunião de Câmara de Sardoal, 2 de setembro de 2020. Foto: mediotejo.net

A merecer a unidade do executivo municipal, foi também aprovado o projeto de execução bem como as peças do procedimento e o júri do procedimento.

De acordo com o projeto, pretende-se dotar a Biblioteca Municipal no novo espaço de salas de leitura e literatura, espaços com bancos e mesas, uma sala juvenil e também uma sala polivalente (para acolher reuniões, por exemplo), além das infraestruturas como casas de banho, área de receção e átrio.

Miguel Borges lembra que o projeto foi elaborado na autarquia e acompanhado pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), que o aprovou.

A requalificação do edifício do Externato Rainha Santa Isabel serve para acolher a Biblioteca Municipal, que até então se localiza na Casa Grande (Casa dos Almeidas) – edifício para o qual se perspetiva construção de um hotel de charme.

 

Aprovada a abertura de novo procedimento para levar a cabo a requalificação do Externato Rainha Santa Isabel, a autarquia espera agora que apareçam “empresas no ramo da construção civil que possam realmente ter um enquadramento para fazer a obra”.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here