Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Setembro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal: “Momentos”, fotos de António Cotrim no Centro Cultural Gil Vicente

“Momentos” é o título da Exposição de Fotografia, da autoria de António Cotrim, que será inaugurada em Sardoal, na galeria do Centro Cultural Gil Vicente, na sexta-feira, dia 3 de junho, às 18:00.

- Publicidade -

Natural de Lisboa, António Cotrim começou a trabalhar na área da comunicação social desde muito cedo. Colaborou com conceituados órgãos de comunicação, trabalhando atualmente como fotógrafo na Agência Lusa. Ao longo da carreira, registou com a sua objetiva momentos únicos ocorridos tanto em Portugal como no mundo. Assume a fotografia como “projeto de vida” e daí a minuciosidade e precisão que reflete em cada instante registado.

O seu talento e trabalho são reconhecidos com a publicação de fotografias em inúmeros livros, folhetos, catálogos, sem contar com as variadíssimas edições em jornais e revistas, tanto nacionais como internacionais. A par disso, expôs o seu trabalho em reconhecidas galerias e venceu distintos prémios na área da fotografia.

- Publicidade -

“Momentos” é composta por doze fotografias a preto e branco e ficará patente ao público até 28 de agosto.

Segundo o autor, esta mostra retrata “imagens de mímica, ancestral arte de comunicação desde o começo dos tempos, e que continuará com os tempos até para além da poeira estelar; o circo, arte antiga feita de tudo e de nada, do embaraço e desembaraço perante o nosso olhar perplexo e curioso; e a dança, arte elegante e bela por si só, que nos fascina e atrai, como que convidando a tomar parte dela, sem notarmos nada mais que não o acerto do passo que elegantemente segue uma marcação que dá asas à imaginação sem nada que nos limite ou nos faça sentir diferentes”.

ANTÓNIO COTRIM

Natural de Lisboa, António Cotrim desde cedo começou a trabalhar na área da comunicação social: Lusitânia, ANOP, Notícias de Portugal e Lusa, onde trabalha atualmente. “Tal & Qual” e “O Record” foram dois dos jornais com os quais colaborou.

Ao longo da carreira, tem registado com a sua objetiva momentos únicos ocorridos tanto em Portugal como no mundo, nas diferentes missões de reportagem que integrou. Um trabalho que se mundializa quotidianamente.

António Cotrim assume de forma carismática a fotografia como “projeto de vida” e daí a minuciosidade e precisão que reflete cada expressão registada, cada instante registado.

O seu talento e trabalho são reconhecidos com a publicação de fotografias em inúmeros livros, folhetos, catálogos e postais, sem contar com as variadíssimas edições em jornais e revistas, tanto nacionais como internacionais.

O fotógrafo, além do Prémio Gazeta 2014, foi já distinguido com duas menções honrosas, uma do Clube Português de Imprensa, na categoria de fotorreportagem, em 2001, e outra do Prémio Europeu de Fotografia Fujifilm, na categoria de desporto, em 2004.

Em 2010, António Cotrim integrou o grupo de jurados do Concurso Internacional de Fotografia de Ferreira do Zêzere.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome