Sardoal | Miguel Borges (PSD) tomou posse confiante no futuro e com duras críticas ao PS

Foto: mediotejo.net

O grande auditório do Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal, foi o palco escolhido para a cerimónia solene de Tomada de posse dos órgãos autárquicos eleitos a 1 de outubro. O PSD reforçou a maioria, com 56,13 %, e mantendo como vereadores Jorge Gaspar e Pedro Rosa. Já o PS ganhou um vereador, garantindo lugar para Pedro Duque e Carlos Duarte. Quanto à Assembleia Municipal, mantém-se na presidência Miguel Mora Alves (PSD), tendo como secretários Alcina Almeida e José Fernando Esteves (ambos PSD). Por fim, o discurso de tomada de posse fez-se de agradecimentos aos eleitores e equipa, e de duras críticas à postura do PS em campanha, segundo as palavras do autarca reeleito, Miguel Borges.

PUB

Durante a sua intervenção, Miguel Borges deixou agradecimento aos sardoalenses, referindo ter notada uma “clara manifestação de maturidade democrática” nas eleições de 1 de outubro, o que se concretizou num dos “menores índices de abstenção do país.

Palavras também a todos os que terminaram as suas funções autárquicas, tanto na Câmara, como na Assembleia e juntas de freguesia, e ainda uma nota pessoal de agradecimento feita à família e amigos, “que tão bem têm compreendido os desafios do cargo de Presidente da Câmara Municipal de Sardoal. Têm sabido ser o aconchego dos momentos mais difíceis e também, por vezes, os principais críticos”, referiu.

PUB

O autarca deixou ainda claro que este ato eleitoral, que permitiu dar continuidade ao projeto autárquico dos 4 anos anteriores, levou a um reforço na votação de 49,58% em 2013 para os atuais 56,13%.

Segundo o reeleito presidente de Câmara, a vitória deveu-se ao trabalho executado ao longo do último mandato, nomeadamente a requalificação do Parque Escolar, a criação da Loja do Cidadão, do Espaço Cá da Terra, do Gabinete de Apoio ao Empresário, do Espaço Empreende, do Arquivo Municipal, dos protocolos com o Ensino Superior Público, com ativação e colaboração do Curso TeSP de Produção Artística para a Conservação e Restauro, a criação da Universidade Sénior, a implementação do Programa Abem – Rede Solidária do Medicamento, a implementação do Transporte a Pedido no concelho, o incentivo à natalidade, os apoios ao associativismo, a atribuição de bolsas de Mérito e bolsas de estudo, enumerou Miguel Borges

O novo elenco municipal, liderado por Miguel Borges (PSD). Foto: mediotejo.net

Mencionados foram também projetos como a criação do Espaço Partilhado para as Artes e Ofícios, e ativação da Rede de Percursos Pedestres, bem como iniciativas de índole cultural integradas na programação do Centro Cultural Gil Vicente caso do Sardoal Jazz, do Encontro Internacional de Piano e da Rede Eunice.

Em termos de obra física e de melhoria e manutenção da qualidade de vida dos cidadãos e dos acessos, o autarca referiu obras recentes, como a obra de colocação dos corredores pedonais na zona histórica, e a da substituição de condutas de água e repavimentação em Valhascos e Panascos e repavimentação em Casos Novos.

Após esta enumeração, Miguel Borges deixou claro que estas foram “opções políticas” do executivo municipal eleito em 2013. “Fomos nós que o construímos nestes últimos quatro anos, fruto do compromisso que assumimos perante os sardoalenses, um compromisso assente na verdade, transparência, honestidade e muito, muito, muito trabalho”, afirmou.

Ao longo do mesmo discurso houve ainda espaço para reconhecimento à equipa e trabalhadores da autarquia, recordando o projeto de há 4 anos e os eixos em que assenta no mote “Interioridade não é Sinónimo de Inferioridade”, fazendo notar que foram apresentadas no programa “propostas que queremos ver implementadas no mandato que agora se inicia”, mas cuja concretização “está numa parte substancial dependente do atual quadro comunitário Portugal 2020”.

Miguel Borges deixou ainda a nota de que o concelho irá ter brevemente um Plano de Desenvolvimento Estratégico, “fruto do conhecimento das nossas potencialidades, mas também das nossas fraquezas, com propostas de superação destas e valorização de todo o nosso potencial”.

PUB

O objetivo deste documento é “transformar todos estes recursos num produto de valorização económica criador de riqueza, de postos de trabalho e fixação de pessoas no concelho”, sendo “o grande desafio na continuidade das sementes germinadas durante o primeiro mandato” procurando a sustentabilidade do concelho.

Miguel Borges (PSD) teceu duras críticas à postura da concelhia do PS, referindo ter sido ofendido com ataques pessoais. Foto: mediotejo.net
Críticas à postura do Partido Socialista durante a campanha

Não só de agradecimentos e de reflexão sobre o projeto político implementado e defendido pelo PSD de Sardoal se fez o discurso de Miguel Borges, aquando da cerimónia de tomada de posse. A certa altura, o autarca mostrou-se indignado e demonstrou estar ofendido com a postura do PS durante a campanha eleitoral, considerando que os socialistas não souberam “elevar o nível” da política, procedendo a ataques pessoais que deixou claro não admitir.

“Correndo o risco, que pessoalmente assumo, de ser considerado politicamente incorreto, não posso deixar de lamentar um período de campanha eleitoral, em que o Partido Socialista, não soube elevar o nível que se deseja na política, recorrendo a ataques pessoais, muitas vezes insultuosos, demonstrativos do caráter, não de quem procuravam atingir, mas sim, de quem os proferiu.
Lamento que este recurso tenha sido utilizado”, fez-se ouvir, durante a intervenção, onde salientou que “foram ultrapassados os limites”.

Miguel Borges referiu ainda esperar que no futuro, a postura dos “intervenientes novos” seja diferente, sem “vícios antigos”, mas com contributos “para a elevação Ética da Política, que tanta falta faz ao nosso país”, lamentando ainda os ataques pessoais e a postura “leviana” da concelhia do Partido Socialista durante as intervenções em período de campanha.

“As boas práticas políticas exigem que tudo o que foi posto em causa, de uma forma por vezes leviana, durante a campanha eleitoral, possa ser objeto de debate político nos locais próprios, nas Reuniões de Câmara e Reuniões de Assembleia Municipal.
Mais uma vez, não posso aceitar que exista um período em que tudo ou quase tudo vale, em que tudo possa ser posto em causa e, nos locais próprios, reine o silêncio ou o receio do confronto político saudável”, terminou o social-democrata.

Oiça aqui o áudio completo do discurso:

Miguel Mora Alves (PSD) reeleito presidente da mesa de AM
Miguel Mora Alves (PSD) e Alcina Almeida (1ª secretária/PSD)reeleitos para a mesa de Assembleia, recebem agora José Fernando Esteves (PSD) enquanto 2º secretário. Foto: Paulo Jorge de Sousa

A votação para a mesa de Assembleia Municipal decorreu igualmente na noite desta quarta-feira, por voto secreto em urna, e sob propostas dos grupos parlamentares daquele órgão, onde também os presidentes de junta estão incluídos por inerência. Miguel Mora Alves (PSD) foi reeleito presidente da mesa de Assembleia, com 12 votos, perante 10 votos atribuídos a Fernando Vasco (PS).

Para o cargo de primeiro secretário foi reeleita Alcina Almeida (PSD) com 12 votos versus 7 votos atribuídos ao socialista Rui Valente.

José Fernando Esteves (PSD) ocupará o cargo de segundo secretário da mesa de Assembleia após terem sido atribuídos 12 votos, perante os 6 de Adérito Garcia (PS). Nesta votação foi contado ainda um voto nulo.

Os eleitos para a Assembleia Municipal de Sardoal recentemente renovada após o sufrágio de 1 outubro. Foto: mediotejo.net mediotejo.net

Fotogaleria – veja mais registos desta cerimónia de tomada de posse, em Sardoal:

PUB

 

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here