Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Novembro 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal | Miguel Araújo, Samuel Úria e Led On compõem cartaz das Festas do concelho

Miguel Araújo, um dos mais aclamados cantautores e compositores da música portuguesa na atualidade será cabeça de cartaz das próximas Festas do Concelho de Sardoal, que se realizam na semana de 22 de setembro, dia em que Sardoal celebra a sua elevação a Vila. No programa juntam-se ainda nomes como Samuel Úria e o projeto Led On, banda de tributo a Led Zeppelin, confirmou ao mediotejo.net o autarca Miguel Borges.

- Publicidade -

Ex-Azeitonas, lançou em 2012 o seu primeiro álbum a solo, Cinco dias e meio, onde o sucesso d’ “Os Maridos das Outras” não ficou fora dos tops das rádios nacionais. “Reader’s Digest”, “Autopsicodiagnose”, “Fizz Limão” e “Capitão Fantástico” também andaram pelas bocas do país.

Foi escrevendo para António Zambujo e Ana Moura, até lançar em 2014, “Crónicas da Cidade Grande”, onde saltam ao ouvido músicas como “Balada Astral” com Inês Viterbo, “Romaria das Festas de Santa Eufémia” com António Zambujo, “Recantiga” e “Valsa Redonda” com Marcelo Camelo.

- Publicidade -

A 11 de Outubro de 2016 a banda do Porto, Os Azeitonas, anunciara a saída de Miguel Araújo para se dedicar à sua carreira a solo. Também nesse ano, juntou-se a António Zambujo, e fechou 28 datas nos Coliseus de Lisboa e Porto.

Em 2017, o cantautor já lançou “Giesta”, onde se juntam “1987”, “Valsa em espiral”, “Axl Rose”, entre outros, que com certeza apresentará no concerto de sábado à noite, dia 23.

Na sexta-feira, dia 22, prevê-se a chegada de Samuel Úria. Considerado “um dos mais importantes escritores de canções da atualidade”, e um músico a emergir na onda do indie. Conta no repertório com colaborações musicais com Manel Cruz, Márcia, António Zambujo ou Gonçalo Gonçalves, entre outros. É compositor e escritor de canções e letras para nomes de música portuguesa como Ana Moura, António Zambujo, Clã ou Kátia Guerreiro.

“Lenço Enxuto”, com Manel Cruz, arrecadou o prémio para Melhor Canção do ano, em 2014, da Sociedade Portuguesa de Autores.

Lançou em 2016 o álbum “Carga de Ombro”, produzido por Miguel Ferreira, de onde surgem temas como “Dou-me Corda”, “Carga de Ombro”, “Aeromoço” e “Tapete”.

Por outro lado, estarão presentes os Led On, a revisitar o rock de Jimmy Page, Robert Plant, John Bonham, John Paul Jones. Com Paulo Ramos na voz, num timbre muito sugestivo, temos Zé Nabo (baixo) que, desde os anos 60, tocou com José Cid no Quarteto 1111 e na formação Cid, Scarpa, Carrapa & Nabo, Mário Delgado (guitarra), de formação no jazz, tocou com Jorge Palma, Lena D’Água, Resistência e Ala dos Namorados, Manuel Paulo (teclas) passou pelas bandas de Rui Veloso e Jorge Palma, sendo membro fundador da Ala dos Namorados, e Alexandre Frazão (bateria), que trabalhou com Pedro Abrunhosa, Resistência, Maria João e Mário Laginha, Ala dos Namorados, Rui Veloso.

Esta formação dá corpo a “The Led Zeppelin Attitude Band”, em temas como “Black Dog”, “Kashmir” e “Since I’ve Been Loving You” e “Stairway to Heaven”.

“São 3 noites de muita qualidade. Para além do desporto, hipismo, encontro de Filarmónicas, para além do Rancho Folclórico ‘Os Resineiros de Alcaravela’, das exposições… vai haver sempre muita animação durante estes quatro dias de festas no concelho”, afirmou Miguel Borges, presidente da CMS, ao mediotejo.net.

Quinta-feira, dia 21, ficará a cargo da Freguesia de Sardoal, comemorando-se o dia dos oragos São Tiago e São Mateus, e convidando-se artistas locais para uma Noite de fados.

As Festas do Concelho de Sardoal decorrem na semana de 22 de setembro, e pretendem celebrar a elevação do Sardoal à categoria de Vila, por Carta de Mercê, passada por D. João III, em 22 de setembro de 1531.

As Festas do Concelho de Sardoal, que a par da Semana Santa é um dos eventos que atrai mais gente à vila, integram um conjunto diversificado de atividades culturais, desportivas e lúdicas, salientando-se o papel essencial das associações e entidades concelhias no que diz respeito ao programa de animação.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome