Sardoal | Mercadinho dos Reis trouxe nova dinâmica ao mercado municipal

Foto: mediotejo.net

O mercado municipal de Sardoal acolheu a estreia da iniciativa Mercadinho dos Reis ao longo deste sábado, dia 7. O espaço dinamizou uma venda de produtos artesanais e biológicos típicos do concelho, também comercializados no Espaço Cá da Terra, adjacente ao CC Gil Vicente. Na ocasião foram também entregues os prémios aos 3 primeiros classificados do Concurso de Árvores de Natal 2016, bem como uma menção honrosa. A animação musical ficou a cargo da Filarmónica União Sardoalense e do Grupo Musical da recém-criada Universidade Sénior do concelho, que fez a sua 2ª atuação pública. Para Miguel Borges, autarca da CM Sardoal, reuniram-se todos os ingredientes para “um dia bem de sucesso e bem passado”.

Depois da atuação da FUS, e com uma plateia considerável, havia chegado a hora de entregar os prémios aos vencedores da edição deste ano do Concurso de Árvores de Natal. Entre os 60 participantes, destaque para a árvore construída pela Modo Arquitetos Associados, Lda, conseguindo o primeiro lugar, Santa Casa da Misericórdia em segundo e Dino Motor em terceiro. A menção honrosa foi atribuída ao restaurante Quatro Talhas.

As árvores vencedoras do concurso de 2016. Da esquerda para a direita, Quatro Talhas, Santa Casa da Misericórdia de Sardoal, Modo Arquitetos, Dino Motor. Foto: mediotejo.net

Para Miguel Borges esta iniciativa, organizada pelo município de Sardoal, através do Gabinete de Apoio ao Empresário, e do CLDS 3G | Sardoal SIM, “ajudou a compor a animação desta quadra festiva”.

PUB

“Temos trabalhos muito bonitos, e é uma forma de as pessoas se poderem entusiasmar e ajudar a dinamizar a nossa economia local, pequena economia que gostaríamos que crescesse, e tudo fazemos para que os que existem neste momento possam ser sustentáveis”, disse o presidente ao mediotejo.net.

Este evento é mote para que novas iniciativas do genéro possam ser lançadas no futuro, uma vez que, para a autarquia, “não vamos ficar por aqui, virão outros mercadinhos, uma forma de dinamizar este espaço, de mostrar aquilo que de bom se faz no Sardoal ao nível do artesanato, da gastronomia, e de conseguirmos mostrar a nossa tradição, os produtos da época”, frisou o autarca, fazendo notar que o espaço do mercado, apesar de ter há muitos anos “uma dinâmica própria”, é também um espaço polivalente.

O mercado está aberto 3 dias por semana, mas a câmara municipal pretende “pelo menos uma vez por mês” promover outras iniciativas para “chamar aqueles que não têm o hábito de ir ao mercado”, referiu Miguel Borges, sublinhando que o mercado é um espaço “com muita utilização” nomeadamente para festas.

A iniciativa teve como objetivo dinamizar a divulgação e promoção de produtos locais, aproximando produtores, associações, instituições e os consumidores, promovendo o desenvolvimento sustentável e comunitário, e contou com a presença de associações locais, IPSSs, e habituais vendedores do Mercado Municipal, numa venda que incluiu produtos frescos, produtos locais, doces regionais e artesanato.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here