Sardoal | Incêndios noturnos continuam a preocupar as autoridades

Incêndios noturnos de origem duvidosa continuam a preocupar as autoridades em Sardoal. Foto arquivo: Paulo Jorge de Sousa

O concelho de Sardoal continua a ser fustigado por incêndios florestais de origem duvidosa, sendo que nesta noite de sábado mais de 150 operacionais foram chamados a combater dois incêndios, um que começou às 20:50 em Entrevinhas, em fase de resolução desde as 22:40, e outro em Vale Formoso, Alcaravela, e que está a consumir zona de floresta densa desde as 22.17. Este foco acabou por ser dominado cerca das 23:30.

PUB

Miguel Borges, presidente da Câmara de Sardoal, fez às 23:00 um ponto de situação sobre estas ignições no concelho de Sardoal.

De recordar que no dia 8 de setembro foram apresentados a primeiro interrogatório de arguido detido fora de flagrante delito dois indivíduos do sexo masculino, na casa dos 30 anos de idade, residentes em Abrantes, indiciados pela prática de seis crimes de incêndio florestal, ocorridos na zona de Sardoal, através de ateamento por chama direta, entre os meses de julho e setembro deste ano.

PUB

Para tal os arguidos deslocavam-se até locais remotos em motociclo, onde procediam ao acendimento das chamas que apenas foram debeladas rapidamente em virtude de intervenções rápidas e intensas do dispositivo de combate a incêndios, assim evitando a extensão da área queimada.

No decurso dos interrogatórios o Ministério Público apelou aos perigos de continuação da atividade criminosa e de alteração grave da ordem e tranquilidade públicas para promover a prisão preventiva como medida de coação, a qual foi decretada, sem prejuízo da sua modificação para a medida de obrigação de permanência na habitação com vigilância eletrónica, caso ocorram os necessários requisitos legais.

PUB

A investigação prosseguirá a cargo da Polícia Judiciária, que tinha procedido à detenção e o inquérito encontra-se distribuído à 2.ª secção de inquéritos do DIAP de Santarém.

Apesar destas diligências e de terem sido detidos dois suspeitos de seis crimes de fogo posto em Sardoal, o certo é que os incêndios de origem tida por criminosa continuam a ocorrer neste concelho do Médio Tejo.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here