Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Setembro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal | Festa da Freguesia em Andreus com animação e balões luminosos

A Festa da Freguesia de Sardoal decorre este ano em Andreus e mais cedo, sendo o momento festivo celebrado este sábado, dia 8 de junho, e não no Dia da Freguesia como aconteceu em 2018.

- Publicidade -

Após a polémica instalada em Sardoal depois da Junta de Freguesia de Sardoal ter decidido comemorar o Dia da Freguesia, assinalado no dia 21 de setembro, em Cabeça das Mós, exatamente no dia do arranque das Festas de Sardoal, o verniz estalou entre os autarcas do Partido Socialista (Junta de Freguesia) e do Partido Social Democrata (Câmara Municipal).

“Este ano tentámos fugir ao Dia da Freguesia” explica o presidente da Junta, Miguel Alves (PS), ao mediotejo.net “e antecipámos dando outro nome à Festa apesar do conceito ser o mesmo”, acrescentou.

- Publicidade -

Para evitar coincidências, o executivo da Junta reuniu com o executivo camarário “no sentido de perceber qual seria o melhor dia. Dos dias que estavam disponíveis em calendário, 8 de junho era aquele em que não havia rigorosamente nada e portanto não colidia com outros eventos”, notou.

Assim, a Comemoração da Festa da Freguesia inicia às 18h00 com os mais pequenos a poderem utilizar os insufláveis até às 21h00, mas o convívio entre a população tem lugar uma hora mais tarde, com oferta de porco no espeto, no Largo das Festas de Andreus.

Às 22h00 sobe ao palco, instalado também no Largo, a Banda HotKestra para dar música à Festa e às 23h00, à semelhança do que aconteceu no ano passado em Cabeça das Mós, ocorre uma largada de Balões Luminosos a encerrar os festejos.

Se, por questões meteorológicas, o dia 8 de junho se revelar demasiado prematuro, “por ainda não ser verão, pode estar frio, talvez em 2020 a Festa da Freguesia aconteça no primeiro dia da Festa de cada uma das aldeias da freguesia. No ano passado foi em Cabeça das Mós, este ano em Andreus e nos seguintes, por exemplo, Venda Nova, São Simão, Entrevinhas e por aí adiante”, indicou Miguel Alves como sendo, para já “só uma ideia”.

Para a Festa da Freguesia de Sardoal foram convidados “todos os autarcas do concelho, todas as Associações, as Juntas de Freguesia, os funcionários das autarquias, os docentes do Agrupamento de Escolas de Sardoal, entidades militares e religiosas”, deu conta.

O objetivo das celebrações continua a ser “a descentralização e levar atividades e alegria às nossas aldeias. Espero que a Associação de Moradores de Andreus tenha um bom retorno financeiro como aconteceu em 2018 em Cabeça da Mós”, sublinha.

Isto porque, embora seja a Junta de Freguesia que suporta financeiramente a Festa num investimento de 4500 euros, “um valor superior ao do ano passado porque vamos ter de alugar um palco e não contamos com apoio da Câmara Municipal uma vez que no dia seguinte decorre a Festa do Bodo”, explica, a Associação de Moradores de Andreus é a coletividade que “apoia, nomeadamente na venda de bebidas”, nota o presidente.

No encerramento da Festa serão então largados, “em jeito de simbolismo”, cerca de duas centenas de balões luminosos, “entregues pelos funcionários da Junta a cada pessoa e é a própria população a largar os balões”, diz. A subida dos balões ao céu, podendo levar com eles um desejo, está marcada para uma hora antes da meia-noite.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome