Quarta-feira, Março 3, 2021
- Publicidade -

Sardoal | Eunice Muñoz vai ser recebida no concelho com homenagem

Eunice Muñoz vai estar presente no Centro Cultural Gil Vicente este sábado, dia 21 de janeiro, às 16:00, data em que este recebe a segunda produção do Teatro Nacional D. Maria II integrada na Rede Eunice. À homenagem do TNDM II com a atribuição do nome da atriz ao projeto de difusão e descentralização cultural irá juntar-se a do município do Sardoal antes da peça “A Origem da Espécies” subir ao palco.

- Publicidade -

Os 75 anos de carreira de Eunice Muñoz motivaram a atribuição do seu nome ao projeto de difusão e descentralização cultural do Teatro Nacional D. Maria II, que se estreou no Sardoal no passado mês de novembro. As produções do TNDM II regressam ao Centro Cultural Gil Vicente este sábado e a atriz também subirá ao palco, mas não integra o elenco de “A Origem das Espécies”.

A figura incontornável da cultura portuguesa será homenageada pelo município do Sardoal antes do espetáculo encenado por Tiago Rodrigues, diretor artístico do TNDM II, apresentar a Teoria da Evolução, desenvolvida Charles Darwin, ao público infantojuvenil de forma simples, criativa e dinâmica.

- Publicidade -

Eunice Muñoz será a primeira protagonista do dia, seguindo-se os da peça interpretada por Carla Maciel, Crista Alfaiate, Marco Paiva e Paula Diogo, a partir das 16h00, e a presença desta figura incontornável do teatro nacional acaba por “comprovar” a teoria apresentada na obra “A Origem das Espécies” em 1859.

O naturalista inglês defendia um processo de “seleção natural” que dita a sobrevivência dos mais fortes ao tempo e o mesmo se verifica quando falamos daqueles que se destacam em outras áreas da vida. A cultura é uma delas e a presença de Eunice Muñoz no Sardoal com 75 anos de carreira prova-o.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).