Sardoal | Confirmado segundo caso positivo de covid-19 no Agrupamento de Escolas

Um aluno da Escola de Sardoal teve um resultado positivo para covid-19, obrigando ao confinamento de uma turma de 16 alunos, disse a diretora do Agrupamento de Escolas de Sardoal, Ana Paula Sardinha, no mesmo dia que em que mais uma sala do Jardim de Infância de Sardoal foi encerrada devido ao novo coronavírus.

PUB

Ana Paula Sardinha confirmou que “um aluno do sexto ano testou positivo para a covid-19”. A diretora adiantou ter sido informada na manhã desta quarta-feira, 11 de novembro, e que o aluno em causa não frequentava a escola desde sexta-feira da semana passada.

Esta segunda-feira “a mãe do aluno” contactou a Escola para informar que “a criança apresentava sintomas gripais, por precaução ficou em casa e, entretanto, contactou a Linha Saúde 24. A criança foi testada” e o resultado positivo conhecido ontem à meia-noite, contou a professora ao jornal mediotejo.net.

PUB

A diretora do Agrupamento de Escolas de Sardoal, Ana Paula Sardinha. Créditos: mediotejo.net

Esta é o segundo caso divulgado em escolas do Sardoal em dois dias, depois de segunda-feira, ter sido reportado o de uma criança do Jardim de Infância situação que levou ao isolamento de 25 pessoas, 21 crianças, duas educadoras e duas assistentes operacionais. Hoje mais uma sala foi encerrada devido também ao novo coronavírus.

Esta manhã, “uma das educadoras” informou a Escola que “o esposo tinha testado positivo e ficou logo em casa porque há um contacto direto”, referiu a diretora. O Jardim de infância é frequentado “por crianças muito pequenas que não usam máscara. A educadora vai ser testada amanhã e por precaução pedimos a estas crianças para ficarem em casa”.

Também os 16 alunos da turma de sexto ano da Escola de Sardoal encontram-se em isolamento profilático nas suas habitações. “Alguns dos alunos já não foram hoje à escola e os que entraram, contactamos os encarregados de educação e voltaram para casa”. Os alunos aguardam agora a orientações da Autoridade de Saúde Pública do Médio Tejo no sentido de realizarem testes de diagnóstico ao SARS-CoV-2 “nos próximos dias”.

Como medida de precaução, encontram-se igualmente em quarentena “alguns professores, que tiveram um contacto mais direto” com o aluno em causa “trabalhando em ensino à distância” com os alunos em aulas através de videoconferência indicou.

Para estes alunos e professores em confinamento, o dia de regresso à escola ainda é desconhecido. “Não sabemos nem a data do teste nem quando regressam! Já enviamos todos os dados para a Autoridade de Saúde, os procedimentos normais, já enviamos um código para os encarregados de educação para fazerem o agendamento do teste”.

Ana Paula Sardinha lembra que o Agrupamento de Escolas de Sardoal tem calendário semestral, que iniciou no presente ano letivo, sendo a pausa letiva, deste primeiro semestre, na próxima semana o que ajudará nas ações de desinfeção. “Dá-nos uma margem para conseguirmos novamente a desinfeção dos espaços e tentar controlar algumas destas situações”.

Os alunos do Jardim de Infância e “as pessoas que com eles tiveram contactos diretos [educadoras e assistentes operacionais] serão testadas ao novo coronavírus a partir desta quarta-feira, dia 11”, acrescentou a professora.

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).