Sardoal | Concelho em festa mostra força das gentes e das tradições, artes, património, gastronomia e turismo (c/fotos)

Abertura oficial das Festas do Concelho de Sardoal, 2019. Visita aos expositores na Mostra de Saberes e Sabores. Créditos: mediotejo.net

Da animação musical à Mostra de Saberes e Sabores, a inauguração das Festas de Sardoal contaram com a presença do presidente do Turismo do Centro que revelou ter sido a região Centro a melhor do País em 2019. A abertura de duas exposições, uma que resulta do concurso de pintura ‘À Descoberta do Mestre’ e outra sobre o Boletim Municipal, mas também a música, hipismo, o VI Trail Terras do Sardão, e um espaço com jogos e brincadeiras para as crianças marcam o evento. Sardoal está em festa até domingo 22 de setembro, dia em que se celebra o Dia do Concelho.

PUB

A Mostra de Saberes e Sabores, na Praça Nova, recebeu ao fim da tarde de sexta-feira, 20 de setembro, os primeiros visitantes que vieram com vontade de espreitar as ruas do centro da vila, com 28 expositores de artesanato, produtos regionais sardoalenses e dos concelhos vizinhos de Abrantes, Mação, Constância, Sertã e Vila de Rei, como trabalhos em trapologia, tecelagem, bijuteria em diversos materiais, bordados e ponto cruz, objetos em cabedal e litografias, entre muitos outros.

A complementar a oferta gastronómica dos Sabores que Sardoal tem para oferecer, estão instaladas 18 tasquinhas com diversas e suculentas iguarias. Destaque para o pão com chouriço quentinho a sair do forno, os enchidos, designadamente o presunto de Mação, a doçaria, onde não falta a Palha de Abrantes, os vinhos sardoalenses da Quinta do Côro e da Quinta do Vale do Armo, a cerveja artesanal e até um licor inspirado numa receita de família do auge do Império Português lá para os lados de Goa.

PUB

Após a cerimónia oficial de abertura das Festas do Concelho de Sardoal 2019, durante a tarde, no expositor do município na Mostra de Saberes e Sabores, na presença de várias individualidades, entre elas o presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado, seguiu-se uma visita aos expositores da Mostra e foram inauguradas duas exposições no Centro Cultural Gil Vicente. A animação musical e os petiscos chegaram ao início da noite.

Abertura oficial das Festas do Concelho de Sardoal, 2019. O presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado. Créditos: mediotejo.net

Pedro Machado, que percorreu a pé algumas ruas de Sardoal, a propósito da região Centro ter sido considerada a melhor Região de Turismo Nacional 2019, Globo de Ouro nos Prémios Publituris Portugal Travel Awards, entregue em Cascais na passada terça-feira, começou por dizer “que o difícil não é ter prémios, mas merecê-los e acreditamos que o merecemos!”

Defendendo “as comunidades do desenvolvimento integrado e da coesão territorial” para o presidente do Turismo do Centro “a coesão começa aqui no Sardoal, passa por Mação, por Ferreira, pela Sertã e por tudo aquilo que compõe os 100 municípios da região Centro. O exemplo das Festas de hoje, da Mostra de Saberes e Sabores do Sardoal é um contributo para podermos potenciar a região Centro que resulta da soma das partes” disse dando importância aos eventos como factor de animação local e territorial.

“É importante para nós quando queremos captar fluxos e queremos resolver outros problemas que a região e o País ainda têm. Precisamos de captar turistas e de os fixar mais tempo porque ainda temos 1.7 de estadia/noite e precisamos que fiquem duas noites” indicou Pedro Machado dirigindo-se ao presidente da Câmara Municipal de Sardoal, Miguel Borges, para dizer que Sardoal precisa de alojamento.

Abertura oficial das Festas do Concelho de Sardoal, 2019. Créditos: mediotejo.net

“Temos de trabalhar para que a vila possa ter um extraordinário estabelecimento de altíssima qualidade mas isso tem de contribuir para quem cá mora se sinta feliz e queira cá continuar a viver e se possível que venham outros”, acrescentou.

Apontou algumas razões: “Porque estamos numa região que procura recuperar muito daquilo que é a sua atratividade e competitividade como um País. Se pensarmos sobre o turismo em Portugal em mais de cinco décadas promovemos Portugal como um destino de sol e praia isso fez com que o Algarve, e bem, crescesse para o que tem hoje, 19 milhões de dormidas mas criou problemas graves ao resto do País”, afirmou Pedro Machado.

Para Machado, “colocar o produto só numa oferta faz com que produtos como o património, como a natureza, como a gastronomia, como a saúde e bem estar, como o turismo ativo não tivessem durante tantos anos o foco que tínhamos colocado no Algarve, criou-nos um problema grave de sazonalidade”.

A situação inverte-se agora, “este prémio por força daquilo que o mercado exige e por força de olharmos para o País como um todo, regiões como o Centro, como o Alentejo e como os Açores também estão a crescer. A boa notícia é que nós crescemos acima da média nacional. De janeiro a julho de 2019 o País cresce a 5.6 % e a região Centro cresce a 11.4%”, referiu.

Pedro Machado partilhou a boa notícia. “Hoje o País tem mais turistas estrangeiros de novas paragens, a começar pelo reforço dos mercados tradicionais para nós: França, Espanha, Itália, mas hoje a região Centro é muito mais competitiva e apelativa para mercados como os Estados Unidos, como o Brasil, que tem mais dormidas no Centro de Portugal do que tem a Itália, e isso significa novos consumidores que têm novas preferências, novas expectativas que geram novas oportunidades. E o prémio também traduz isso”, notou.

PUB
Abertura oficial das Festas do Concelho de Sardoal, 2019. O presidente da Câmara Municipal, Miguel Borges. Créditos: mediotejo.net

Por seu lado, Miguel Borges reconheceu o trabalho de várias entidades em prol do turismo da região Centro, incluindo o trabalho de Pedro Machado, agradecendo a todos os convidados pela presença naquele que é o 488º aniversário de elevação de Sardoal a categoria de vila. Na “simplicidade, humildade, na simpatia e na arte de bem receber reside a riqueza” do concelho, até porque “em Sardoal ninguém é de fora”.

O presidente da Câmara deu ênfase ao património do concelho e à responsabilidade de o valorizar e preservar, transformar “toda esta riqueza num recurso que se possa transformar num produto, para fazer com que a nossa região de turismo seja muito melhor do que já é” e ainda ao território, pequeno em quilómetros quadrados mas ”enorme na vontade de cooperar com os vizinhos”.

Garantindo que Sardoal “é um território que vale a pena, para viver e para visitar”, nestes três dias de Festa o concelho quer mostrar “àqueles que nos visitam o melhor que temos para oferecer”, mesmo que isso implique passar por várias obras, disse o autarca, aproveitando a ocasião para avançar que “nestes dois anos Sardoal terá investimentos de mais de 7 milhões de euros”.

Abertura oficial das Festas do Concelho de Sardoal, 2019. Créditos: mediotejo.net

Nas Festas do Concelho, os mais pequenos não foram esquecidos. O espaço da Mostra de Saberes e Sabores conta com roulotte das farturas e algodão doce, bem como pinturas faciais, trampolim para saltar e insuflável para correr e escorregar à vontade. Sendo que as associações concelhias e as entidades particulares de restauração com tasquinhas instaladas nas Festas possuem animação própria.

A arte também não foi esquecida com a inauguração de duas exposições na presença de Pedro Machado, no Centro Cultural Gil Vicente. A primeira, exposição concurso de pintura ‘À Descoberta do Mestre’ e a segunda ‘100 Paragens’ sobre o Boletim Municipal no espaço Cá da Terra.

O cantor Olavo Bilac anima a noite de 21 de setembro (sábado) com um concerto de celebração dos 25 anos de carreira onde serão revisitados alguns dos seus temas de sucesso, como “Não voltarei a ser fiel” e “Fala-me de amor”.

Dora Maria apresenta o espetáculo “Fado na Praça” e convida alguns amigos para uma grande noite de fado, que terá lugar em 22 de setembro (domingo), Dia do Concelho.

Uma novidade este ano é a entrada e saída de trânsito na vila durante as Festas. O presidente Miguel Borges já havia anunciado a existência de algumas alterações no trânsito durante estes três dias, por sugestão do vereador do PS, Carlos Duarte.

Assim apesar de salientar que “Sardoal tem muitas entradas e saídas” Miguel Borges diz que o Ribeiro Barato funcionará apenas como entrada, e as entradas e saídas pela estrada a seguir em direção a uma zona que é o Pisco, que liga à Estrada Nacional 2.

“É essa a única diferença, para facilitar na hora a seguir aos espetáculos em que há um fluxo de trânsito muito acentuado a sair do Sardoal. Alguém que queira entrar nesse momento tem a vida muito dificultada porque são ruas estreitas” daí a alternativa, explica.

As Festas integram ainda o XVII Festival Hípico em Freião (frente ao eucalipto grosso), o VI Trail Terras do Sardão e a cerimónia oficial de atribuição do nome Luís Manuel Gonçalves ao Arquivo Histórico Municipal de Sardoal.

As Festas do Concelho 2019 celebram a elevação de Sardoal à categoria de Vila, por Carta de Mercê, passada por D. João III, em 22 de setembro de 1531.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here