- Publicidade -

Sardoal: Comissão de Defesa da Floresta reuniu para analisar incêndio de agosto

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta de Sardoal reuniu extraordinariamente no passado dia 28 de setembro para análise e discussão do incêndio que assolou este concelho no passado mês de agosto.

- Publicidade -

A sessão teve como objetivos “identificar, ao nível do planeamento e operações, aspetos positivos e aspetos a melhorar em ocorrências futuras, assim como a recolha de contributos por parte dos agentes envolvidos”, refere a nota de imprensa da Câmara Municipal de Sardoal.

Na reunião, que foi presidida por Miguel Borges, presidente da Câmara Municipal de Sardoal, estiveram presentes representantes do Município, Juntas de Freguesia do Concelho, Bombeiros Municipais, Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, Guarda Nacional Republicana, Autoridade Nacional de Proteção Civil, Associação de Agricultores de Abrantes, Constância, Sardoal e Mação, Infraestruturas de Portugal, ASCENDI e EDP.

- Publicidade -

Recorde-se que no incêndio que afetou o concelho de Sardoal nos dias 23 e 24 de agosto passado arderam 832,17 hectares de floresta, tendo as chamas consumido também uma casa de habitação e que, apesar do incêndio ter sido dominado no dia 24, as operações só foram concluídas no dia 26 de agosto.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -