Sardoal | CLDS com Rede de Apoio a Famílias, Idosos e Pessoas Vulneráveis devido à covid-19

Em parceria com o Município de Sardoal, o CLDS 4G SER Sardoal disponibiliza uma Rede de Apoio destinada a Famílias, Idosos e Pessoas vulneráveis devido à covid-19, com linha de contacto para companhia telefónica e apoio à aquisição de bens alimentares, farmacêuticos e/ou outros.

Esta Rede de Apoio disponibiliza apoio à aquisição de bens em supermercados, farmácias ou outros bens considerados indispensáveis, para aquelas famílias que não podem deixar os seus filhos sozinhos, para as pessoas com mobilidade reduzida, para os que se encontram em isolamento, mas também se foca nas necessidades e fragilidades que não são visíveis.

Rede que consideram ainda mais “crucial” no sentido de reforçar o apoio prestado no âmbito da covid-19 “‘tendo em conta a situação atual do nosso País e em particular a do nosso Concelho”, informa o CLDS em nota de imprensa.

PUB

Nesse âmbito o CLDS 4G SER Sardoal disponibiliza igualmente um apoio à solidão, com os objetivos de “Ouvir, Informar, Aconselhar e Encaminhar sempre que as necessidades ultrapassem a nossa área de atuação”, acrescenta a mesma nota.

Neste apoio à solidão “haverá espaço para conversar com a família/idoso, dotá-los de estratégias adaptadas à situação atual para aumento da capacidade de resiliência e capacidade de lidar com uma inesperada reorganização do quotidiano diário, dar-lhes conselhos, informá-los, ou simplesmente fazer-lhes entender que não estão sozinhos e que do outro lado do telefone existe alguém preocupado e disponível para ajudar sempre que necessário, entre outros considerados necessários, sendo avaliado caso a caso”.

Os interessados podem contactar o CLDS 4G SER Sardoal através de três números telefónicos disponíveis: 966 080 552, 966 080 533 e 926 513 181, sendo que correspondem aos números do CLDS 4G SER Sardoal e ao número de Emergência Social do Município, respetivamente. Ou através do email sersardoal.clds4g@gmail.com

Estes serão os meios de comunicação privilegiados, no entanto, o CLDS 4G SER informa que irá recorrer ao contacto presencial para a satisfação das necessidades da população – nomeadamente no que diz respeito à aquisição de bens, sempre que tal se verifique necessário.

Garante que para o contacto presencial “serão asseguradas as condições de segurança necessárias para o efeito, tal como manter a distância mínima, utilizar as medidas de autoproteção necessárias, entre outras”.

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).