Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal | Capelas enfeitadas com tapetes de flores são candidatas às 7 Maravilhas da Cultura Popular

As Capelas enfeitadas com tapetes de flores, que são elaborados por ocasião da Semana Santa de Sardoal, em Sardoal, são finalistas regionais às 7 Maravilhas da Cultura Popular, na categoria de ”Rituais e Costumes”. Para Padrinho da candidatura, o Município de Sardoal escolheu Gil Vicente, fundador do teatro português, que será encarnado pelo ator sardoalense Pedro Agudo. A escolha do dramaturgo recaiu na sua ligação histórica e afetiva com o Sardoal.

- Publicidade -

O resultado da candidatura reconheceu os sardoalenses pelo seu empenho e dedicação a uma tradição secular enraizada não apenas na Vila mas em todo o Concelho.

A candidatura às 7 Maravilhas foi apresentada pelo Município em fevereiro de 2020 e os resultados do Concurso foram conhecidos no dia 7 de junho, tendo sido apurados sete elementos de cada um dos 18 distritos e duas regiões autónomas, num total de 140 finalistas regionais.

- Publicidade -

Depois de apurados os 28 semi-finalistas, através do maior número de votos populares, decorrerão duas semi-finais de onde se conhecerão os 14 finalistas. A Declaração Oficial das 7 Maravilhas da Cultura Popular® será efetuada no dia 5 de setembro.

Até 15 de julho, para votar nesta tradição pode ligar através do número 760 207 750.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome