Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Agosto 2, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal | Autarcas juntaram-se à conversa e lembraram histórias e desafios dos “40 anos de Poder Local” (c/video)

O Município de Sardoal promoveu no dia 25 de abril, no Centro Cultural Gil Vicente, a iniciativa “40 anos de Poder Local – À conversa com os protagonistas da nossa história local”, tendo reunido ao final da tarde e durante mais de duas horas, quase a totalidade dos autarcas eleitos desde 1976 nas 4 freguesias do concelho, Assembleia Municipal e Câmara Municipal de Sardoal.

- Publicidade -

Sardoal l 40 anos de poder local, protagonistas da historia

Publicado por mediotejo.net em Terça-feira, 25 de Abril de 2017

A conversa, franca, aberta e que recordou episódios históricos e a experiência de todos quantos contribuíram para a formação do poder local em Sardoal, inseriu-se no âmbito das comemorações do 25 de Abril, e contou com a presença de figuras que exerceram o cargo de Presidentes de Assembleia Municipal, de Câmara Municipal e de Junta de Freguesia no Concelho de Sardoal nos últimos 40 anos, com a participação bem disposta e por vezes emocionada de muitos dos autarcas de Sardoal, Valhascos, Alcaravela, e Santiago de Montalegre.

- Publicidade -

A conversa, franca e aberta, recordou episódios históricos e a experiência de todos quantos contribuíram para a formação do poder local em Sardoal. Foto: Paulo Sousa

Os jornalistas Mário Rui Fonseca e Patrícia Seixas orientaram a sessão que pretendeu dar a conhecer experiências e histórias vividas por estas individualidades da política local, tendo sido revelados episódios dignos de registo pelos intervenientes, e com a primeira mulher eleita presidente de Câmara no Portugal democrático, Francelina Chambel, a contar histórias deliciosas de um certo abril, onde “nada havia e tudo estava por fazer”. (ver vídeo).

Miguel Borges, atual presidente da autarquia, revelou a sua satisfação pelo resultado da iniciativa e prometeu voltar a repeti-la, para não esquecer o trabalho dos cidadãos em prol do poder local.

Já antes, pela manhã, o autarca convidou os seus dois antecessores, Francelina Chambel e Fernando Moleirinho, para participarem na Cerimónia do Hastear das Bandeiras, que decorreu no Edifício dos Paços do Concelho, com Guarda de Honra prestada pela Filarmónica União Sardoalense e pelos Bombeiros Municipais.

Numa homenagem ao Poder Local, o Hastear das Bandeiras em Sardoal foi feito este ano pelos três Presidentes de Câmara eleitos pela Democracia Portuguesa. Foto: Paulo Sousa

O Município de Sardoal assinalou ainda o 25 de Abril com atividades desportivas, através da realização das tradicionais Corridas da Liberdade e do Torneio Concelhio de Escolinhas de Futebol, e na véspera, no dia 24, com a peça teatral “No Limite da Dor” pela Companhia de Teatro Lendias D’Encantar. A peça, baseada na obra de Ana Aranha e Caros Ademar, “traz aos espetadores a realidade vivida por muitos portugueses às mãos da PIDE, durante os anos da ditadura”.

 

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome