Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Setembro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sardoal | Aprovado projeto de execução do Parque de Negócios de Andreus

O projeto de execução do Parque de Negócios em Andreus foi aprovado por unanimidade pelo executivo da Câmara de Sardoal. Trata-se de um investimento na ordem de 1,2 milhão de euros.

- Publicidade -

O executivo municipal candidata-se, até ao dia 15 de dezembro, a apoio financeiro comunitário do Programa Centro Apoio à Localização de Empresas para a concretização do projeto concebido pela MODO associados, empresa com sede no Sardoal  O projeto de execução é condição para a candidatura. “Leva muito tempo e é muito trabalhoso, não é uma mera planta, mas desde a especialidade de arquitetura a todas as especialidades, portanto contratarmos uma empresa externa para isso”, explicou o vice-presidente, Jorge Gaspar (PSD).

Os vereadores da oposição, os socialistas Pedro Duque e Carlos Duarte, votaram favoravelmente o projeto de execução. No entanto, Pedro Duque salientou não ser esta a solução do PS para aquele local em Andreus, mas “a partir do momento que surgiu a oportunidade é um projeto que temos de abraçar, sendo uma oportunidade de ampliar os espaços onde se possam implementar empresas no concelho” de Sardoal.

- Publicidade -

O conceito “é diferente da zona industrial”, acrescenta Jorge Gaspar. Na zona industrial “nada está e tudo tem de ser feito no lote”. No Parque de Negócios “há infraestruturas, edifícios e portanto o tipo de empresas que se podem instalar em Andreus não tem muito a ver com uma zona industrial clássica como nós a conhecemos. Pode estar aqui o início de um grande futuro em termos empresariais, porque as grandes empresas podem não ser aquelas que têm um pavilhão com muitos metros quadrados”.

Projeto do Parque de Negócios de Andreus em Sardoal. Créditos: mediotejo.net

No momento da apresentação da ideia, em agosto último, o presidente da Câmara Municipal, Miguel Borges, explicou tratar-se de “uma estrutura modelar moderna que venha dar seguimento à nossa Zona Industrial que neste momento está esgotada”.

O executivo municipal pretende por em prática “a candidatura para o Parque de Negócios Andreus” a ter localização num terreno do Município. “O que se propõe é dar utilidade a este terreno com financiamento comunitário que será de 85% e criar ali uma outra centralidade em termos de dinâmica empresarial”.

Propõe-se um trabalho de arquitetura paisagística que será realizado com enquadramento. “Alguns pavilhões enquadrados na paisagem de forma a dar continuidade aos interesses que alguns empresários que têm manifestado querer fixar-se no nosso concelho”, referiu na ocasião Miguel Borges. Com o estudo paisagístico o executivo pretende excluir “a descaracterização da aldeia de Andreus. Queremos dar dinâmica ao espaço e à terra”, afirmou o presidente.

O executivo pensa realizar este projeto em duas fases com um investimento total a rondar um milhão e duzentos mil euros.

“Tendo um limite máximo de cerca de 20 empresas. Numa primeira fase faremos uma instalação para 10 pavilhões, ou para 10 pequenas ou para 4 ou 5 dependendo da sua dimensão, que rondará os 700 mil euros. Estando esta fase esgotada iremos mais tarde fazer outra candidatura para a continuação”, deu conta o autarca.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome