- Publicidade -

Sardoal | Aprovado alargamento da Rua da Fonte em Cabeça das Mós

A Rua da Fonte, em Cabeça das Mós, Sardoal, vai ser alargada. A proposta foi aprovada na última reunião de Câmara, esta quarta-feira 24 de março. O presidente Miguel Borges (PSD) começou por dizer que “este é um processo que já tem alguns anos […] do tempo do anterior presidente. Havia esta vontade expressa por várias entidades mas depois por razões diversas esta vontade foi interrompida”.

- Publicidade -

Segundo o autarca, a Rua da Fonte “tem um estreitamento de via” e foi aprovada uma intervenção perante a “cedência do proprietário da parte que atrofia a via pública para o domínio público com um conjunto de contrapartidas com benefício para o Município” com o alargamento da via pública.

A obra rondará os 4 mil euros; 2980 euros em mão de obra e 1069 euros em materiais, explica Miguel Borges.

- Publicidade -

A intervenção para alargamento da Rua da Fonte, cuja “iniciativa partiu de um conjunto de munícipes”, explicou o vice-presidente Jorge Gaspar, foi aprovada por unanimidade pelo executivo municipal.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -