Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Terça-feira, Outubro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Santarém | Patrícia Fonseca candidata-se à liderança do CDS-PP

A deputada centrista Patrícia Fonseca, 46 anos, Engenheira Agrónoma, é candidata à liderança da distrital do CDS-PP de Santarém nas eleições marcadas para o dia 30 de julho, rendendo no cargo José Vasco Matafome, atual presidente e que cumpre o seu 3º e último mandato.

- Publicidade -

Em comunicado, Patrícia Fonseca, que concorre em lista única, refere que os principais objetivos para o mandato, válido por dois anos, são “trabalhar na mobilização interna do partido, melhorando a articulação com os autarcas eleitos, e trabalhar para ‘Ouvir Santarém’ em todos os seus concelhos”.

A deputada lembra que Santarém é um “distrito diversificado, onde coexistem zonas de grande atividade económica com outras muito deprimidas, que tem vindo a perder população e a agravar o seu índice de envelhecimento”, defendendo a necessidade de “encontrar respostas que garantam a coesão económica e social” do território como sejam o “captar investimento reprodutivo” e “potenciar a economia social”.

- Publicidade -

Patrícia Fonseca lidera uma lista única em candidatura que “resulta de um apelo de algumas concelhias” e que conta com 33 elementos no conjunto dos órgãos, numa “equipa renovada e rejuvenescida, com vários elementos da Juventude Popular, estando representada a quase totalidade dos concelhos do distrito”.

“A lista engloba algumas das pessoas da atual equipa e também gente nova, não apenas em idade, mas também outros militantes que não têm tido participação nos órgãos distritais”, disse a candidata, em declarações ao mediotejo.net.

A lista é liderada, para a Comissão Política, por Patrícia Fonseca, deputada eleita pelo círculo de Santarém, tendo como vice-presidentes António Rocha Pinto, Ana Filomena Figueiredo, e Isabel Margarida Coelho, sendo Hugo Ribeiro o secretário.

A lista para a Mesa do Plenário apresenta como presidente o nome de Filipe Teixeira, e o Conselho de Jurisdição o de Manuel Custódio de Oliveira.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome