- Publicidade -

Santarém | Governo assina protocolos de financiamento de 26 projetos para prevenção de cheias

O Governo assina na quarta-feira, dia 7 de fevereiro, na Golegã, Santarém, os protocolos de financiamento de 26 projetos para o reforço da prevenção do risco de cheias no Norte e Centro, representando um investimento total de 86 milhões de euros.

- Publicidade -

Numa nota, o Ministério do Ambiente destacou que os 26 projetos envolvem um investimento total de 86 milhões de euros e um financiamento comunitário (Fundo de Coesão) de 64 milhões de euros para intervenções de Norte ao Sul do país, nas zonas de maior risco de cheias e inundações.

Os projetos pretendem reforçar a prevenção de riscos de cheias e inundações, no âmbito da adaptação às alterações climáticas, intervindo “nos sistemas hidrológicos, visando minimizar vulnerabilidades e proteger as populações”, explicou o ministério do Ambiente, numa nota de imprensa.

- Publicidade -

“Através destes 26 projetos serão intervencionados 295 quilómetros de linhas de águas (rios e ribeiras), prevendo-se reduzir os riscos de inundações em 89 mil hectares”, salientou.

A cerimónia de Assinatura dos Termos de Aceitação relativos ao Aviso para a Desobstrução, a Regularização Fluvial e o Controlo de Cheias, presidida pelo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, decorre na quarta-feira no Centro de Alto Rendimento da Golegã.

Os projetos serão financiados através do programa europeu PO SEUR – Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, que lançou três Avisos para “Intervenções estruturais de desobstrução, regularização fluvial e controlo de cheias, em zonas de inundações frequentes e de danos elevados”.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).