Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Quarta-feira, Junho 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Risco de incêndio vai intensificar-se até ao final da semana

Mais de 50 concelhos em nove distritos estão hoje com um risco muito elevado de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera. De acordo com o IPMA, o risco de incêndio vai intensificar-se em parte de Portugal continental pelo menos até ao final da semana.

 O concelho de Portimão, em Faro, apresenta hoje um risco máximo de incêndio e o IPMA colocou mais de 50 concelhos dos distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Beja e Faro em risco muito elevado de incêndio.

Mais de 60 concelhos de Braga, Bragança, Vila Real, Viseu, Guarda, Leiria, Santarém, Castelo Branco, Lisboa, Portalegre, Évora, Beja e Faro estão também hoje em risco elevado de incêndio.

De acordo com o IPMA, o risco de incêndio vai intensificar-se em parte de Portugal continental pelo menos até ao final da semana, sendo que o risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

As temperaturas mínimas no continente vão oscilar entre os 11 graus Celsius (em Viana do Castelo) e os 18 (em Faro) e as máximas entre os 20 (em Aveiro e no Porto) e os 34 (em Évora).

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, em conjunto com a Comissão Distrital de Proteção Civil do Distrito, vai proceder esta terça-feira à apresentação pública do Plano de Operações Distrital Nº1  – DECIR 2021.

c/LUSA

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome