Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Rio de Moinhos e Carregueira promovem compostagem comunitária para comunidades mais sustentáveis

“Compostagem Comunitária” é o projeto que levou as freguesia de Rio de Moinhos (Abrantes) a ocupar a 16.ª posição do Programa JUNTAr+ (Economia Circular em Freguesias). Será um investimento de 23.900€, financiados em 85% por este programa do Ministério do Ambiente e da Transição Energética. Também a freguesia de Carregueira (Chamusca) foi contemplada, sendo para já as únicas duas autarquias do distrito de Santarém a integrar este projeto.

- Publicidade -

A Compostagem Comunitária surge para valorizar os resíduos alimentares e os resíduos verdes, transformando-os em fertilizante a usar, não só na produção de alimentos, mas também em hortas e jardins.

Em nota de imprensa, a Freguesia de Rio de Moinhos refere que vai criar assim um ciclo de aproveitamento e reutilização, em que indivíduos e entidades vão fornecer matéria-prima que será reutilizada sob a forma de fertilizante por toda a comunidade.

- Publicidade -

A Junta de Freguesia irá gerir três espaços (Rio de Moinhos, Amoreira e Pucariça) onde serão depositados os resíduos e realizada a compostagem. Posteriormente, o fertilizante será distribuído pela população. E serão ainda realizados Mercados que escoarão os produtos resultantes do uso deste fertilizante.

O projeto que envolve a comunidade associativa, a comunidade empresarial, a comunidade escolar e a comunidade em geral pretende assim trazer benefícios económicos, sociais e ambientais. De realçar também os Serviços Municipalizados de Abrantes (SMA) no apoio ao processo de compostagem e a Valnor – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, como parceiro privilegiado na área da formação e educação ambiental.

Das 100 candidaturas submetidas a nível nacional, são 44 as que serão financiadas pelo Fundo Ambiental, atingido o patamar máximo disponível de um milhão de euros.

Rio de Moinhos (Abrantes) e Carregueira (Chamusca) foram as únicas freguesias do distrito de Santarém a verem as suas candidaturas aprovadas. Foto: JFRM

A assinatura dos contratos decorreu esta quarta-feira, dia 11 de setembro, e contou com a presença de João Pedro Matos Fernandes, Ministro do Ambiente e da Transição Energética.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome