Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Rio Ave vence Vitória de Sernache e segue em frente na Taça de Portugal (c/fotos e áudio)

GRUPO DESPORTIVO VITÓRIA DE SERNACHE 1 – RIO AVE FUTEBOL CLUBE 3
Taça de Portugal Placard – 2ª eliminatória
Estádio Municipal Nuno Álvares Pereira em Cernache do Bonjardim
26-09-2021

- Publicidade -

O Rio Ave venceu no domingo o Vitória de Sernache, por 3-1, na segunda eliminatória da Taça de Portugal de futebol, com a equipa de Vila do Conde a dominar por completo o jogo.

Vilacondenses pintaram bancadas de verde e branco.

- Publicidade -

Numa partida de futebol cuja primeira parte foi dominada por completo pelo Rio Ave, que no espaço de três minutos marcou dois golos, aos oito, por Rúben Gonçalves, e aos 11 por Yakubu Aziz, o Vitória de Sernache viu-se incapaz de travar a capacidade ofensiva dos homens de Vila do Conde.

Equipa da casa incapaz de travar Rio Ave.

A equipa do Campeonato de Portugal tentava evitar a todo o custo sofrer mais golos e a primeira vez que conseguiu chegar à área do Rio Ave, aos 18 minutos, marcou um golo de belo efeito, através de Romário.

Golo de Romário relançou o Sernache na partida.

O Rio Ave voltou a encostar os homens de Cernache do Bonjardim junto à sua área e, aos 29 minutos, aumentou a vantagem no marcador com o terceiro golo a ser marcado por Costinha.

Nos primeiros 45 minutos, o Rio Ave falhou ainda uma grande penalidade através de Aderllan Santos, aos 15 minutos, perdendo a oportunidade de dilatar o marcador.

Vilacondenses . perdulários, falharam grande penalidade.

Na segunda parte, o Vitória de Sernache entrou forte no jogo e criou várias jogadas de perigo junto à área dos vila-condenses, que praticamente se limitaram a gerir a vantagem no marcador.

O jogo entrou, então, numa fase menos interessante, com o Sernache a tentar chegar ao golo e o Rio Ave, a espaços, a responder, conseguindo criar mais algumas oportunidades, sem concretizar.

Sernache bem tentou encurtar distância na segunda parte.

Contudo, os homens do Vitória de Sernache nunca baixaram os braços e tentaram por todos os meios chegar ao segundo golo, o que não conseguiram até ao final da partida.

A vitória dos vilacondenses não oferece contestação pois foram a equipa melhor apetrechada com estrelas como o “sportinguista” Pedro Mendes ou o impagável Ukra, verdadeiro campeão de audiências nas redes sociais, a brilharem no relvado de Cernache do Bonjardim.

Internacional angolano Carlos brilhou na baliza da casa.

A equipa da casa, a estrear um novo técnico, tem matéria para trabalhar mas muito está por fazer até atingir um nível que lhe garanta a permanência no Campeonato de Portugal.

A equipa de arbitragem que viajou da cidade do Sado não teve qualquer problema em dirigir a partida.

Boa arbitragem do setubalense André Narciso.

Ficha do Jogo:

GRUPO DESPORTIVO VITÓRIA DE SERNACHE:
Carlos Fernandes, Agostinho Cá (Souza), César Gomes (Ussa), Romário (Rafinha), Daniel Coutinho, Fábio Manhas(Márcio), Areias, Gilson, Daniel Martins, Saleh e Hélder Varela (Eduardo Ferreira).
Suplentes não utilizados: Miguel Assunção e Horto.
Treinador: Manuel Monteiro.

Grupo Desportivo Vitória de Sernache. Arquivo mediotejo.net

RIO AVE FUTEBOL CLUBE: Jhonatan, Vítor Gomes, Joca (João Graça), Pedro Mendes, Costinha, Rúben Gonçalves (Ukra), Santos (Ângelo Meneses), Pantalon, Gabrielzinho (Zé Manel), Namora e Aziz (Fábio Ronaldo).
Suplentes não utilizados: Leo Vieira e Pedro Amaral.
Treinador: Luís Freire.

Rio Ave Futebol Clube.

GOLOS:
Romário (Sernache); Costinha, Rúben Gonçalves e Yakubu (R.Ave).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
André Narciso, Paulo Brás e Marco Vieira.
4º árbitro: Ricardo Góis (AF Setúbal).

Equipa de Arbitragem: André Narciso, Paulo Brás e Marco Vieira com os capitães.

DISCIPLINA:
Cartão amarelo: Daniel Coutinho, Romário e Ussa (Sernache); Pantalon (R:Ave).

No final ambos os técnico foram à “flash interviu” falar com os orgãos de Comunicação Social:

MANUEL MONTEIRO (Sernache)

Manuel Monteiro, treinador do Sernache.

LUÍS FREIRE (Rio Ave)

Luís Freire, treinador do Rio Ave.

Com LUSA e David Belém Pereira (multimédia).

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome