Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Setembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Reverence Valada, rock “underground” junto ao Tejo até sábado

O terceiro festival Reverence Valada começa hoje junto ao Tejo, no Parque de Merendas de Valada, no concelho do Cartaxo, com a atuação dos Thee Oh Sees, banda com novo disco, “A Weird Exits”, que atuou em Paredes de Coura.

- Publicidade -

A decorrer até sábado, aquele que foi designado como o melhor festival “underground rock” do Sul da Europa, contará com cerca de 50 bandas, entre as quais The Damned, Killing Joke, The Sisters of Mercy e um novo palco, feito apenas de música portuguesa.

Do programa, a organização destaca a estreia em Portugal, no sábado, dos The Damned, banda punk rock britânica contemporânea dos Sex Pistols ou dos Clash, que completa 40 anos de carreira.

- Publicidade -

Fundados em Londres em 1976, os The Damned foram o primeiro grupo punk rock britânico a editar um álbum, “Damned Damned Damned”, em 1977, meses antes de saírem “The Clash” e “Never Mind the Bollocks Here’s the Sex Pistols”. Da formação original do grupo sobra apenas o vocalista, Dave Vanian.

Pelo Reverence Valada vão passar ainda, entre outros, os britânicos Killing Joke e The Sisters of Mercy, o grupo rock psicadélico norte-americano The Brian Jonestown Massacre e a dupla dinamarquesa The Raveonettes.

Pelo Palco Indigente, destinado à atuação de dez bandas portuguesas, a maioria em estreia no Reverence, passarão grupos como The Quartet of Whoa!, Correia, Miss Lava, Nicotine’s Orchestra, Fast Eddie Nelson e La Chanson Noire.

Com curadoria do “Black Bass Évora Psych Fest”, a programação do primeiro dia do festival conta, além dos norte-americanos Thee Oh Sees, com a participação dos Chain and the Gang (EUA) e J.C. Satàn e Blaak Heat (França), e das bandas nacionais Flavor Crystals, The Sunflowers, Sun Mammuth e 800 Gondomar.

O festival resulta da iniciativa do britânico Nick Alport, a viver desde 2009 em Porto de Muge, localidade do concelho do Cartaxo junto ao Tejo e próxima de Valada. Promotor de concertos e editor discográfico em Londres, Nick Alport começou por organizar, em 2012, as Cartaxo Sessions no Centro Cultural do Cartaxo, que, em 2014, deram origem ao Reverence Valada.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome