Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Agosto 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Projeto de requalificação exterior do Lar de Constância ganha concurso da Santa Casa de Lisboa

Sete projetos sociais de Misericórdias do país considerados prioritários vão ser apoiados com mais de um milhão de euros provenientes de receitas dos jogos, anunciou a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), entre eles a requalificação do espaço exterior do lar de S. João, em Constância.

- Publicidade -

LAR3

Os projetos vão ser apoiados através do Fundo Rainha Dona Leonor (FRDL), que resulta de um acordo entre a Santa Casa e a União das Misericórdias Portuguesas (UMP), “para, com as receitas dos jogos sociais, apoiar a concretização de projetos socialmente prioritários das Misericórdias de todo o país”.

- Publicidade -

Entre os projetos agora apoiados está a ampliação do lar de idosos da Misericórdia da Lousã, a requalificação do espaço exterior do lar de S. João, em Constância, as obras de ampliação no lar de idosos São Nuno de Santa Maria, em Aljubarrota, e o apoio à reabilitação de um lar destinado a portadores de deficiência, na Madalena do Pico, nos Açores.

LAR2Em declarações ao mediotejo.net, o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Constância, António Paulo Teixeira, não escondeu a sua satisfação por ver este projeto ser um dos eleitos no âmbito do projeto ‘a última pedra’ e que vai permitir à Misericórdia local requalificar todo o espaço exterior do lar em Constância, com a pavimentação de toda a a zona exterior e a construção de dois alpendres que vão permitir a permanência de utentes ao ar livre, a par da promoção de atividades de ar livre, aquisição de mobiliário e equipamento de jardim, e meios audiovisuais para atividades lúdicas e de entretenimento.

“O projeto, no valor de 37 mil e 700 euros, resulta de uma candidatura feita propositadamente a pensar em concorrer ao fundo Rainha D. Leonor, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, e tivemos a felicidade de vermos o nosso projeto contemplado”, destacou o Provedor, tendo acrescentado que a obra deverá estar pronta por ocasião da Páscoa.

“É uma ótima notícia porque vamos poder integrar os utentes num espaço ao ar livre e com todas as condições”, salientou.

LAR4No âmbito do fundo Rainha D. Leonor, e este ano, também vão ser apoiados a extensão do lar de grandes dependentes em Boticas, a adaptação e reabilitação do jardim-de-infância em Celorico da Beira e a construção da cozinha e lavandaria de apoio à unidade de cuidados continuados integrados em Vila de Pereira (Coimbra).

Os primeiros contratos apoiados por este fundo foram assinados em setembro, num total de mais de um milhão de euros (1.091.816,68 euros), que auxiliaram seis projetos.

Este financiamento está a permitir às Misericórdias de Penela, Pernes, Almeirim, Barreiro, Ponte de Sôr e Cabeço de Vide desenvolver projetos de cariz social considerados prioritários para a população, estando todas as obras já em curso.

Alguns dos trabalhos devem estar concluídos antes do final do ano, indiciou a SCML.

O Fundo apoia projetos de Misericórdias portuguesas, dando prioridade a respostas sociais ligadas ao envelhecimento, à deficiência e à pobreza, e dispõe anualmente de cinco milhões de euros provenientes de receitas dos jogos.

*C/LUSA

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome