Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Agosto 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Rastreio de Cancro da Mama em Vila Nova da Barquinha

A Liga Portuguesa Contra o Cancro vai realizar um Rastreio de Cancro da Mama no concelho de Vila Nova da Barquinha. O rastreio é dirigido a mulheres entre os 45 e 69 anos de idade e vai decorrer entre os dias 12 e 30 de outubro.

- Publicidade -

A Unidade Móvel encontra-se estacionada junto ao Centro de Saúde de Vila Nova da Barquinha e o horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira das 8:00 às 18:30.

A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha irá proporcionar transportes em autocarro do Município, gratuitamente, de acordo com o seguinte calendário:

- Publicidade -

ATALAIA (junto à Junta de Freguesia)

19 out – 13h30

20 out – 08h30 | 13h30

21 out – 08h30 | 13h30

 

PRAIA DO RIBATEJO (junto à Junta de Freguesia)

22 out – 08h30 | 13h30

23 out – 08h30

 

LIMEIRAS (junto ao Posto Médico)

23 out – 08h40 | 13h30

 

MADEIRAS (junto à Associação de Bem Estar Social)

26 out – 08h30

 

TANCOS (junto à Junta de Freguesia)

27 out – 13h30

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), associação cultural e de serviço público fundada em 1941, exercendo as suas atividades de acordo com os estatutos, tem, entre outras, a finalidade de promover a prevenção do cancro.

Destas doenças, destaca-se o cancro da mama, expresso pela elevada taxa de mortalidade, sendo, por isso, um importante problema de saúde para a população portuguesa.

Desta forma, no sentido de atenuar o flagelo que representa esta patologia, a Liga Portuguesa Contra o Cancro promoveu o Programa de Rastreio do Cancro da Mama, integrado o Plano Oncológico Nacional e no Programa Europeu Contra o Cancro, tendo como objetivos a deteção do cancro da mama num estádio o mais precocemente possível, aumentando, assim, as possibilidades de cura, proporcionando um tratamento menos agressivo, incrementando a sobrevivência (com maior qualidade de vida) e diminuindo a mortalidade desta doença.

Para a consecução deste programa são utilizadas unidades móveis e fixas, guarnecidas por técnicas credenciadas em radiologia, que executam os respetivos exames às mulheres (convidadas, através de carta personalizada, a participar) com idade compreendida entre os 45 e os 69 anos, grupo etário a que se destina o rastreio.

Posteriormente, os exames são avaliados por uma equipa de médicos radiologistas, que elaborarão os respetivos relatórios.

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome