PUB

Ramal de Tomar reabilitado com investimento de 2,4 milhões de euros

A Infraestruturas de Portugal (IP) vai reabilitar a via ferroviária entre os km 2,156 e 6,274 do Ramal de Tomar, no que representa um investimento de 2,4 milhões de euros, sendo que aos 1,6 milhões adjudicados são acrescidos cerca de 750 mil euros em materiais.

PUB

Com a obra, prevista com uma execução de 180 dias, pretende-se melhorar os níveis de segurança, qualidade, fiabilidade e disponibilidade da infraestrutura e consequentemente os níveis de conforto e comodidade para os passageiros, informa a IP, em comunicado.

De modo a reabilitar a referida via-férrea vai-se proceder à substituição integral das travessas de madeira por travessas de betão bibloco, à substituição de carril em barra curta por carril em barra longa soldada, ao desguarnecimento, rebalastragem e ataque mecânico pesado e à beneficiação do sistema de drenagem em toda a extensão do troço.

PUB

A gestão, coordenação e fiscalização dos trabalhos da empreitada será assegurada por meios internos da IP, tendo o projeto de execução sido desenvolvido pela IP Engenharia.

O Ramal de Tomar, com cerca de 15km, assegura a interligação entre a cidade de Tomar com a Linha do Norte, na Estação da Lamarosa, tendo sido inaugurado em setembro de 1928 com a denominação de Caminho de Ferro de Lamarosa a Tomar.

PUB
PUB
Rafael Ascensão
Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior. Natural de Praia do Ribatejo, Vila Nova da Barquinha, mas com raízes e ligações beirãs, adora a escrita e o jornalismo. Ávido leitor, não dispensa no entanto um bom filme e um bom serão na companhia dos amigos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).