Ralicross | Bólides regressaram à pista de Mação

Acidentes apimentaram as corridas.

Este fim de semana voltaram-se a ouvir o roncar dos motores em Mação, na pista da Boavista, e o cheiro a gasolina e pneu queimado voltou a inebriar os aficionados dos desportos motorizados e do rali cross em particular, desta feita, em número reduzido pois as provas continuam vedadas ao público em geral. Apenas os elementos afetos às equipas, organização e comunicação social puderam testemunhar a espetacularidade desta modalidade.

PUB

Mação voltou a receber uma prova do Campeonato Nacional de Ralicross, a quarta deste ano num campeonato encurtado para seis provas. No sábado, dia 5 de setembro, tiveram lugar os treinos e as primeiras corridas de qualificação, que serviram já para dar uma primeira ideia dos possíveis escalonamentos de forças para as Finais, que vão ser disputadas hoje este domingo, durante a tarde.

Fica um resumo do que se assistiu durante a tarde de sábado.

PUB
Gonçalo Novo.

Iniciação
Gonçalo Novo em Toyota Starlet dominou ambas as corridas de qualificação dando-lhe fortes motivos para acreditar na vitória na final.

Gonçalo Rocha (Peugeot 106 XSI) e André Monteiro (Toyota Corolla) tentaram em vão contrariar o poderio do piloto da Motofil e terminaram por esta ordem no primeiro dia de provas.

PUB

Rafaela Barbosa em Citroën AX, a única senhora em prova nesta classe, não conseguiu concluir nenhuma das corridas do dia, mas enquanto esteve em prova demonstrou sempre um ritmo consistente.

Adão Pinto.

Nacional 2RM
Adão Pinto, ausente na prova anterior em Castelo Branco, regressou à competição da melhor maneira: apesar de perder para Fernando Silva (Seat Ibiza TDI) a primeira corrida levou o seu Opel Astra à vitória na segunda sendo-lhe benéfico o desempate.

Andreia Sousa foi terceira em ambas as qualificações ocupando igual posto no final.

De registar a estreia de António Santinho Mendes, a comemorar as Bodas de Ouro em competições automóveis com o Astra com que o neto se sagrou campeão nacional.

Leonel Sampaio

Nacional A 1.6
Corridas imaculadas de Leonel Sampaio que impôs o seu Citroën Saxo à concorrência vencendo as duas corridas com à vontade.

Rafael Rocha garantiu o segundo posto do dia, seguido de Américo Sousa, ambos em carro idêntico ao vencedor. O primeiro “não” Saxo foi Tiago Ferreira em Peugeot 106.

José Queirós.

Super 1600
Inspirado pela vitória em Castelo Branco na jornada anterior José Queirós (Peugeot 206) não deu hipóteses à concorrência liderando as primeiras qualificações.

O Ford Fiesta de Rogério Sousa e o Citroën C2 de Jorge Machado protagonizaram um interessante duelo com Sousa a levar a melhor.

João Novo.

Supercars
José Lameiro, mais adaptado ao seu espetacular Skoda Fabia, venceu a primeira qualificação do dia, ainda liderou a segunda mas uma “atravessadela” roubou-lhe a “dobradinha”.

Quem aproveitou foi o piloto da Motofil, João Novo (Peugeot 206) que ao vencer a segunda manga saltou para o comando. Daniel Pacheco em Subaru Impreza da Divisão 2 nunca teve andamento para os líderes e garantiu o terceiro lugar.

Jorge Gonzaga.

Kartcross
O líder do Campeonato não deixou os créditos por mãos alheias. Jorge Gonzaga, aos comandos de um LSB RX01, venceu a primeira corrida de qualificação. Pedro Rosário em Semog Bravo e Luís Almeida (LBS RX1) ocuparam os lugares seguintes numa cabal prova de que qualquer um pode ser o vencedor na Final. A melhor senhora foi Daniela Godinho com um oitavo lugar.

Paulo Godinho.

Super Buggy
Paulo Godinho impôs o seu Super Buggy à concorrência vinda particularmente do espanhol Oscar Gomez (Semog Buggy) deixando Miguel Mota em Toniauto TT no terceiro posto.

Durante a tarde deste domingo irão correr-se as Finais que prometem emoção e competitividade.

Santinho Mendes, a celebrar as Bodas de Ouro, correu em 2 RM.

*Com David Belém Pereira (fotos).

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here