Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinzena do Teatro Solidário traz novos espetáculos a Vila de Rei

A décima sexta edição da Quinzena do Teatro Solidário de Vila de Rei tem início já este sábado, 13 de novembro, pelas 20h30, com um espetáculo de Stand Up Comedy no Auditório Municipal de Vila de Rei. Esta iniciativa volta a apelar ao público para contribuir com a doação de um género alimentício que servirá para apoiar as famílias vilarregenses mais carenciadas.

- Publicidade -

O evento acontece de forma descentralizada pelas três freguesias do concelho, levando espetáculos para todos os gostos e idades e que vão do teatro, à magia e ao stand-up comedy.

No arranque da Quinzena, sobem a palco as comediantes Sofia Bernardo, Tânia do Carmo Barbosa e Rita Leitão, num espetáculo intitulado ‘Uma Senhora não diz essas coisas’, que promete arrancar bastantes gargalhadas ao público.

- Publicidade -

A 20 de novembro, pelas 20h30, chega a hora do espetáculo de magia ‘Do Improviso ao Riso’, de Rafael Titonelly, no Salão do Clube da Fundada. Já na tarde de 27 de novembro, pelas 16h30, na Casa do Povo de São João do Peso, tempo para assistir à peça de teatro ‘ATORdoado’, interpretado por Sofia Bernardo.

A iniciativa promete um serão de rir e chorar por mais, lembrando a organização que é obrigatório o uso de máscara.

Organizada pelo Município de Vila de Rei, a Quinzena do Teatro tem oferecido espetáculos de qualidade ao público que anualmente adere a esta iniciativa e, simultaneamente, contribui, de forma solidária, para um maior bem-estar de famílias mais carenciadas do concelho.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome