Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

PSD questiona ministro por encerramento de biblioteca escolar em Abrantes

O PSD questionou hoje o ministro da Educação sobre as medidas que vai tomar para resolver o problema que levou ao encerramento da biblioteca da escola Manuel Fernandes, em Abrantes, por falta de assistentes operacionais.

- Publicidade -

“O encerramento desta biblioteca é inédito e inaceitável, constitui uma degradação intolerável das condições disponíveis para estudantes e docentes das escolas públicas”, disse o deputado Duarte Marques, eleito por Santarém, tendo afirmado que o PSD “condena esta situação e exige ao Ministro da Educação a imediata reposição dos efetivos necessários à qualidade da escola em causa, mas também das outras já afetadas por situações semelhantes”.

“Recordamos que este foi uma das principais preocupações reveladas dos Diretores de Agrupamento do distrito de Santarém, em particular do Agrupamento Dr. Manuel Fernandes em Abrantes e Santa Maria em Tomar”, com quem os Deputados do PSD se reuniram no pretérito dia 20 de setembro.

- Publicidade -

Alcino Hermínio, diretor do Agrupamento de Escolas nº 2 de Abrantes, confirmou hoje ao mediotejo.net que a biblioteca da Escola Manuel Fernandes, em Abrantes,“está oficialmente fechada” e que “só abre pontualmente”, tendo referido como motivo o “número insuficiente de assistentes operacionais”.

Aquele responsável já havia alertado em setembro, numa visita efetuada então pelos deputados do PSD de Santarém, que “a situação de falta de funcionários, a continuar”, poderia “levar ao encerramento de alguns serviços das escolas para que os assistentes possam colmatar as necessidades de outras escolas” do agrupamento, situação que acabou suceder esta semana.

Para o PSD, “tendo criado o problema, cumpre ao Governo encontrar uma solução que é cada vez mais urgente. Neste momento centenas de escolas vêm o seu normal funcionamento ser colocado em causa e há unidades de multideficiência sem assistentes operacionais atribuídos. Suprindo uma falha clara de ausência de planeamento da tutela na resposta necessária, e para a qual foi sistematicamente alertada e questionada pelo PSD em sede do parlamento, numa atitude muito própria do Poder Local, algumas autarquias já disponibilizaram assistentes operacionais às escolas que deles careciam”.

Em nota de imprensa, os deputados do PSD eleitos pelo círculo de Santarém, e os deputados do PSD na Comissão de Educação da Assembleia da República, referem ter questionado sobre “que medidas irá tomar o governo, e em particular o Ministro da Educação, para resolver de imediato a escassez de assistentes operacionais no Agrupamento de Escolas Dr. Manuel Fernandes em Abrantes”.

Para além disso, perguntam ainda sobre as “medidas que pretende o Governo aplicar para compensar as autarquias que intervieram, disponibilizando assistentes operacionais às escolas que deles careciam”, e ainda, que medidas estão a ser desenvolvidas para que a presente perturbação não volte a ter lugar”.

O deputado Duarte Marques disse que esta situação “revela a irresponsabilidade da atual governação e em particular o desnorte da liderança política do Ministério da Educação, branqueado pela conivência do líder da FENPROF, Mário Nogueira, mas também pelo silêncio cúmplice do Bloco de Esquerda, Partido Socialista e Partido Comunista Português”, tendo lembrado os “alertas” feitos pelos deputados do PSD “aquando da reposição das 35 horas, que exigiam um reforço de pessoal não docente nas escolas”.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -