Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Setembro 20, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Projeto universitário de comboios turísticos personalizados apresentado em Constância

Valorizar o comboio como meio de transporte e promover turisticamente as regiões envolvidas é o projeto da Escola de Turismo, Desporto e Hospitalidade, da Universidade Europeia, que hoje apresentou o projeto ‘Tourism Train Experiences’ em Constância.

- Publicidade -

O ‘Tourism Train Experiences’, que hoje conheceu a edição inaugural de uma iniciativa que se irá realizar anualmente, focou-se na linha ferroviária da Beira Baixa, no âmbito de um projeto universitário que alia a teoria à componente prática, e que está a desenvolver um estudo sobre algumas marcas destino, tais como Viver o Tejo, Naturtejo, Aldeias Históricas e Aldeias do Xisto, entre outras, sendo que Constância, no distrito de Santarém, se insere na Grande Rota do Zêzere.

“O comboio personalizado parou em Praia do Ribatejo, Constância, e trouxe cerca de 200 estudantes e docentes da Universidade Europeia que apresentaram uma iniciativa muito interessante e que se materializa num programa de atividades em torno do turismo comunitário, da inovação, e das marcas destino da região Centro e das suas comunidades”, disse à agência Lusa a presidente da autarquia local.

- Publicidade -

“No âmbito da dinamização da Linha da Beira Baixa e da Grande Rota do Zêzere, onde Constância se insere, foram apresentadas ideias ao nível histórico, patrimonial e de natureza que integram um pacote local integrado, como jantares temáticos inspirados em Camões, atividades ligadas ao desporto aventura e aos rios Tejo e Zêzere, que banham a vila”, contou Júlia Amorim.

“Com base nos produtos já existentes nas diversas regiões, estes trabalhos visam a criação de um complemento que os dinamize e que, por si só, possa também constituir um produto turístico”, sintetizou.

A Grande Rota do Zêzere (GRZ), da nascente do rio Zêzere, na serra da Estrela, até à sua foz, em Constância, tem um percurso de 370 quilómetros que pode ser feito a pé, de bicicleta e de canoa. Inaugurado em setembro deste ano, representou um investimento de 900 mil euros, financiado em 85% por fundos comunitários.

“Este é um projeto académico, mas é cada vez mais importante que o ensino superior aplique conhecimentos adequados à realidade dos nossos territórios, neste caso pela Rota do Zêzere e operacionalização turística da Linha da Beira Baixa, com ideias e sugestões de como cada um dos municípios envolvidos a pode potenciar, dinamizar e valorizar, com programa distintos mas personalizados e assentes na história, no património, e nos traços mais marcantes de cada autarquia”, destacou a autarca.

Envolvendo as entidades dinamizadoras das marcas destino definidas, a CP – Comboios de Portugal, a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) e o Turismo do Centro, os alunos percorrem – de comboio -, cada um dos territórios, através da linha da Beira Baixa, para apresentarem os seus trabalhos.

A primeira edição do ‘Tourism Train Experience’ terminará em março de 2016, em plena BTL, na qual serão anunciados, apresentados e premiados os projetos vencedores.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome