Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Primeiro-Ministro escolhe Mação para assinalar o Dia das Florestas

O Primeiro-Ministro, António Costa, estará em Mação na Sessão Comemorativa do Dia Internacional das Florestas, que se assinala na próxima segunda-feira, 21 de março, informou hoje a autarquia, em comunicado.

- Publicidade -

A sessão terá lugar no Alto da Caldeirinha com início previsto para as 14h30. Às 15h00 terá lugar uma visita a áreas intervencionadas em povoamentos de regeneração natural de pinheiro bravo e será feita, pela Câmara Municipal de Mação, uma descrição técnica dos trabalhos que tem desenvolvido.

Pelas 15h30 terá lugar o painel “A gestão florestal: o presente e o futuro” com as intervenções do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, pelo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e pela ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa,  terminando com a intervenção do Primeiro-Ministro, António Costa.

- Publicidade -

Estarão presentes mais membros do XXI Governo Constitucional na Sessão Comemorativa, adianta a mesma nota.

floresta-portuguesa-3Com o lema “Floresta gerida é uma floresta protegida” a escolha de Mação para a Comemoração do Dia Internacional das Florestas em 2016 “reconhece o enorme trabalho que Mação tem desenvolvido na fileira florestal”, no entender do presidente da autarquia, Vasco Estrela (PSD).

Para o presidente da Câmara Municipal de Mação, que adiantou que “não fará nenhuma intervenção” na cerimónia, “é fundamental mudar o paradigma”.

Sem uma inversão total na forma como a paisagem está a ser gerida, o futuro da Floresta está comprometido”, defendeu.

Neste sentido considera a escolha do município de Mação para a Comemoração do Dia Internacional das Florestas “um bom sinal”.

“É um bom sinal, pois, para além além do reconhecimento do nosso trabalho, é importante fazer uma reflexão conjunta para poderemos concretizar esta nossa ambição de ter uma floresta saudável”.

Vasco Estrela, conclui a mesma nota informativa sublinhando ter a “esperança que esta data marque uma efetiva alteração na gestão da floresta e que comecemos, todos, a trabalhar com um objetivo comum pelo bem de uma floresta sustentável em Portugal”.

Roteiro florestal do Presidente não incluiu Mação em 2015

A Câmara de Mação manifestou no ano passado a sua “estranheza e desagrado” pela não inclusão do município no roteiro da floresta que o Presidente da República Portuguesa realizou em março de 2015 a diversos concelhos do país.

“Tendo esta autarquia tido conhecimento da visita do Presidente da República a municípios da região para conhecer projetos na área florestal, não podemos deixar de manifestar publicamente estranheza e desagrado pela não inclusão do concelho de Mação neste roteiro”, disse à Lusa, na ocasião, o presidente daquela autarquia do distrito de Santarém, Vasco Estrela (PSD).

Lamentando ainda o facto de já terem sido levadas a cabo outras visitas neste âmbito, e de Cavaco Silva “nunca ter visitado ou mostrado interesse em conhecer” o trabalho desenvolvido por aquele município no setor florestal, o autarca lembrou que as estratégias florestais de Mação são “reconhecidas internacionalmente como inovadoras”.

Vasco Estrela lembrou que o município de Mação foi indicado pela Comissão Europeia como um dos “exemplos europeus de gestão inovadora do território florestal”, no âmbito do EIP – AGRI, um projeto de parcerias europeu de inovação ao nível da produtividade e sustentabilidade da agricultura e da floresta.

“Mação foi o caso português mencionado nesta área pelo trabalho desenvolvido e pelas propostas que têm sido apresentadas, nomeadamente no que respeita à criação e implementação das Zonas de Intervenção Florestal (ZIF), que classificam de inovadoras e benéficas para o desenvolvimento e sustentabilidade do território florestal”, vincou.

O autarca lembrou ainda as “estratégias e experiência acumulada ao longo de décadas” na sequência dos incêndios florestais que têm fustigado o concelho – um trabalho que mereceu a atribuição do galardão “Batefuegos d’Oro” atribuído pelo Ministério do Ambiente espanhol, em 2006 -, assim como as frequentes solicitações para falarem sobre os projetos implementados no município, alguns deles projetos-piloto e projetos modelo de boas práticas florestais.

Segunda, dia 21 de março, Mação vai acolher o Primeiro-Ministro, António Costa, para a Sessão Comemorativa do Dia Internacional das Florestas, que se assinala na próxima segunda-feira, 21 de março, em sessão que vai contar ainda com as presenças do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos, do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa,  entre outros membros do XXI Governo Constitucional.

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome