PUB

Portugal prevê empenhar contingente de 1.706 militares no estrangeiro em 2021

O Estado português prevê empenhar um contingente de 1.706 militares em Forças Nacionais Destacadas (FND) no estrangeiro em 2021, num total de 27 missões internacionais, segundo documento oficial do Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA).

PUB

Sob a égide da NATO, União Europeia, Nações Unidas ou ao abrigo de acordos bilaterais, está igualmente planeado o recurso a 75 viaturas, sete aeronaves e seis navios por parte dos três ramos das Forças Armadas: Marinha, Exército e Força Aérea.

A República Centro Africana é o cenário que absorve mais militares lusos, num total de 198, com 184 operacionais da força de reação imediata estacionados no quartel-general da Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização da República Centro-Africana (MINUSCA), em Bangui.

PUB

As FND têm um orçamento de 63 milhões de euros, de acordo com o quadro de dotações específicas do relatório do Orçamento do Estado para 2021, mais três milhões de euros do que em 2020.

Os números estão em linha com os de 2020, ano em que o EMGFA estimou 1.738 militares empenhados em 22 missões internacionais, assim como cinco navios, sete aeronaves e 66 veículos.

PUB
PUB
Agência Lusa
Agência de Notícias de Portugal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).