PUB

Ponte de Sor | ‘momentos’ de Pedro Orozco Tristán em Montargil

O Centrum Sete Sóis Sete Luas recebe nas suas instalações, em Montargil, Ponte de Sor, a exposição ‘momentos’ do artista espanhol Pedro Orozco Tristán, com inauguração este sábado, dia 23 de fevereiro, às 15h00. Uma exposição que conduz o visitante a lugares queridos pelo artista de Ceuta, na utilização da pintura para imortalizar um instante gravado na memória.

PUB

Pedro Orozco Tristan começou timidamente com a aguarela como meio de expressão, após muitos anos de desenho e descobriu com surpresa que, para ele, não havia uma forma melhor de criar uma composição, porque a rapidez da técnica coincidia com a velocidade com que o seu cérebro a obrigava a tornar-se realidade.

Rapidamente aplicou o seu conhecimento para colocar os objetos no espaço e, por último, procurou a luz, que saía de toda a parte, e encontrou-a a rodos.

PUB

Pedro conta com uma linguagem própria. Na sua obra não temos de procurar as cidades que visitou, as paisagens por onde deambulou nos últimos anos, sendo evidente que são muitas e que estão nos portos do Mediterrâneo, nas medinas marroquinas ou nos elétricos lisboetas que protagonizam as suas aguarelas. Temos de procurar a sua linguagem criativa, a sua relação com o meio, com as pessoas ou com as máquinas.

A mostra fica patente no Centrum Sete Sóis Sete Luas de Montargil até 16 de março de 2019, com o seguinte horário de visita: de segunda a sábado das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

PUB
PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).