Ponte de Sor | Ministra da Presidência nas II Jornadas do Alto Alentejo Contra a Violência

As II Jornadas do Alto Alentejo Contra a Violência, promovidas pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), através do Gabinete de Apoio à Vítima do Alto Alentejo Oeste, vão ter lugar no Teatro-Cinema de Ponte de Sor esta terça-feira, dia 27 de outubro.

No evento serão abordados quatro temas principais: a violência e vítimas especialmente vulneráveis, novos contextos para a violência; os homicídios nas relações de intimidade; a comunidade e a igualdade; novos contextos para a violência; e a cibercriminalidade.

A sessão de abertura das Jornadas vai contar com a presença do presidente da APAV, João Lázaro, da ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, e do presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor, Hugo Hilário.

PUB

O evento é gratuito mas carece de inscrição obrigatória. A lotação da sala foi limitada, a APAV garante cumprir todas as regras de saúde pública.

Mais informações em: https://apav.pt/jornadas/index.php/home-alentejo?fbclid=IwAR332IY6QVe0Suiwuf60LQ6kA8-DlTt0zx1RPXyEbe7sQz6tNPhhMM0h7jE

PROGRAMA

09H00
ABERTURA DO SECRETARIADO
09H45
SESSÃO DE ABERTURA
João Lázaro | Presidente da APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima
Mariana Vieira da Silva | Ministra da Presidência
Hugo Hilário | Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor

10H00
APRESENTAÇÃO DO TRABALHO DO GABINETE DE APOIO À VÍTIMA DO ALTO ALENTEJO OESTE DA APAV: PELAS VÍTIMAS DE CRIME
Rita Martinho | Gestora do Gabinete de Apoio à Vítima do Alto Alentejo Oeste

10H15
I PAINEL – A VIOLÊNCIA E VÍTIMAS ESPECIALMENTE VULNERÁVEIS
moderadora: Sandra Cardoso | Diretora da Segurança Social de Portalegre

Joana Menezes | Gestora do Projeto/Rede de Apoio à Vítima Migrante e de Discriminação | APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima
Paula Guimarães | Fundação Montepio*
Sara Malcato | ILGA – Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo

12H20
DEBATE
12H35
INTERVALO
12H45
OS HOMÍCIDIOS NAS RELAÇÕES DE INTIMIDADE
moderador: Raul Trancoso | Procurador da República da Comarca de Portalegre

Rui do Carmo | Procurador e Coordenador do EARHVD

13H00
ALMOÇO
14H30
MESA REDONDA – A COMUNIDADE E A IGUALDADE
moderador: Daniel Cotrim | APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

Nuno Silva | Presidente da Câmara Municipal de Avis*
Tânia Falcão | Vice-Presidente da Câmara Municipal de Alter do Chão
Joaquim Diogo | Presidente da Câmara Municipal do Crato
Graciosa Chambel | Vereadora da Câmara Municipal de Gavião
Rogério Silva | Presidente da Câmara Municipal de Fronteira*
Hugo Hilário | Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Sor
Sílvia Eliseu | Vereadora da Câmara Municipal de Sousel

15H20
DEBATE
15H30
INTERVALO
II PAINEL – NOVOS CONTEXTOS PARA A VIOLÊNCIA
moderadora: Maria José Martins | Instituto Politécnico de Portalegre

15H45
O CRIME E O APOIO ONLINE
Ricardo Estrela | Gestor Operacional da Linha Internet Segura (APAV – Associação Portuguesa de Apoio à Vítima)

16H15
RISCOS NAS RELAÇÕES ONLINE: A PERSPETIVA JURÍDICO-LEGAL
Pedro Vicente | Coordenador da Polícia Judiciária de Investigação Criminal / Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T)

16H30
DEBATE
16H45
ENCERRAMENTO
Teresa Fragoso | CIG – Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género
Rita Martinho | Gestora do Gabinete de Apoio à Vítima do Alto Alentejo Oeste

PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).